A simplicidade é um dos encantos quando o assunto é fazer esboços: basta pegar um caderno de esboços, um ou dois lápis e pronto. Mas se você já vem criando esboços simples há algum tempo, chegou a hora de algumas aulas mais avançadas para elevar o nível de sua prática de desenho.

Compartilharemos aqui dicas especializadas de artistas sobre como melhorar sua prática, além de mostrar 50 esboços legais que você pode usar no futuro como inspiração para desenhar.

15 dicas para melhorar seus esboços a lápis

1. Tenha uma estrutura adequada

“Um bom desenho começa com um bom equipamento”, diz o instrutor da Skillshare Brent Eviston em seu curo Desenho em 3D e Perspectiva. Primeiro, ele recomenda investir numa prancheta de desenho que seja maior que o papel com o qual você trabalha. Entendeu? Agora, antes de começar a fazer o esboço, certifique-se de que sua linha de visão esteja perpendicular à prancheta. “Se a prancheta estiver num ângulo qualquer que não seja perpendicular à nossa linha de visão, o desenho sairá distorcido, porque uma parte do papel estará mais perto do olho do que outra”, diz ele. Para obter o ângulo correto, tente apoiar a prancheta nos joelhos e encostá-la na beira de uma mesa.

2. Dividir os temas em formas

Qualquer objeto, grande ou pequeno, pode ser dividido em formas básicas.
Qualquer objeto, grande ou pequeno, pode ser dividido em formas básicas. 

Muitos livros de desenho mostram como objetos complexos são compostos a partir de formas básicas, e há uma razão para isso. “As formas podem realmente nos ajudar a decompor os temas em partes mais simples, tornando-os menos intimidantes de desenhar”, diz a instrutora da Skillshare Gabrielle Brickey em seu curso Aprenda a desenhar: práticas diárias para melhorar suas habilidades. Portanto, se você quer melhorar o seu desenho, observe imagens de perto para entender as formas que as compõem. “Aprender a ver dessa maneira será essencial se você quiser fazer algo como ilustrações estilizadas. Se tiver interesse em representações realistas, também será importante para compor o tema do desenho na tela”, acrescenta.

3. E pratique desenhando-as

Você provavelmente tem desenhado essas formas simples acima desde criança. Mas, segundo Eviston, você não consegue praticar o suficiente fazendo esboços assim fáceis. “Eu ainda pratico regularmente com círculos, formas ovais e linhas retas, só porque são muito comuns quando desenhamos”, diz ele. “Ao longo da minha carreira, eu literalmente desenhei dezenas de milhares… e provavelmente vou desenhar o mesmo tanto, mas só porque é algo importante para continuar praticando”.

4. Desenhe o que você vê, não o que você sabe

Quando queremos desenhar um objeto familiar, frequentemente desenhamos a partir de nossas memórias em vez do objeto concreto à nossa frente. Portanto, se você está fazendo um esboço de algo, por exemplo, uma maçã ou um elefante de brinquedo, não olhe para o objeto com um todo e sim como uma combinação de suas partes. “Quando denominamos um objeto, acontece de deixamos de olhar muito conscientemente para ele. Desenhamos mais o que sabemos em vez daquilo que vemos”, diz Mandar Marathe, instrutor da Skillshare. “Não tente nomear os objetos. Basta olhá-los como as formas, linhas e os ângulos. Queremos olhar para os objetos com muita atenção e em seguida desenhá-lo adequadamente”.

5. Tente fazer o esboço de cabeça para baixo

Desenhar de cabeça para baixo pode ajudar você a ver as coisas de um jeito diferente — literalmente.
Desenhar de cabeça para baixo pode ajudar você a ver as coisas de um jeito diferente — literalmente.

Se você está lidando com a dica anterior, experimente esse exercício do curso de Brickey: pegue uma imagem, vire-a de cabeça para baixo e tente desenhá-la daquela perspectiva. Isso vai “ajudar você a confiar menos em símbolos e mais no que realmente está na sua frente”, observa ela. O exercício é particularmente útil antes de iniciar um novo trabalho ou quando você está olhando para um há algum tempo e precisa de uma nova perspectiva. “Isso ajudará você a ativar o lado direito criativo do cérebro”, diz ela. 

6. Desenhe o espaço negativo

Desenhar o espaço ao redor da cadeira — não a cadeira em si — pode melhorar a sua precisão.
Desenhar o espaço ao redor da cadeira — não a cadeira em si — pode melhorar a sua precisão.

Uma última dica de Brickley para desenhar o que você vê à sua frente: desenhe o espaço negativo ao redor de um objeto em vez do objeto em si. “Desenhar o espaço negativo é um dos meus truques favoritos para desenhar com precisão”, diz ela. “Quando desenhamos o espaço ou a forma negativa, o lado esquerdo de nosso cérebro esquerdo não tem nenhum símbolo preconcebido para tal. Portanto, ele sai de cena, permitindo que o lado direito criativo assuma o comando”.

7. Traga emoção

Uma linha é apenas uma linha? Não segundo Eviston, que ensina um tutorial onde desafia os estudantes a desenhar linhas com emoções diferentes: raiva, tristeza, calma e outras mais. “Começar com a intenção específica e elevada do que você quer se comunicar é uma maneira maravilhosa de estimular sua imaginação e criatividade”, diz ele. Além disso, ela pode criar um elemento totalmente novo nos seus esboços a lápis. “Embora não seja possível controlar ou prever cem por cento como o espectador vai interpretar uma linha, nossa margem de controle é maior do que imaginamos”, acrescenta. 

8. Pratique diferentes técnicas de sombreamento

Pratique várias técnicas de sombreamento para descobrir a sua favorita.
Pratique várias técnicas de sombreamento para descobrir a sua favorita.

“As técnicas de sombreamento são muito importantes”, diz Antonia Dewey, instrutora da Skillshare. “Elas podem facilmente definir o seu estilo artístico”. Mas com tantos tipos diferentes de sombreamento — hachuras, hachuras cruzadas, misto, pontilhado e por aí vai — qual o melhor para você? Dewey recomenda praticar todos eles para descobrir o seu favorito. Faça vários desenhos de um objeto, como uma árvore, por exemplo, e depois praticar as várias técnicas de sombreamento para preenchê-lo. 

9. Entenda a luz e a sombra

Comece a entender como a luz funciona praticando com uma lâmpada de mesa.
Comece a entender como a luz funciona praticando com uma lâmpada de mesa.

Evidentemente, o sombreamento só vai parecer realista se você tiver uma boa compreensão de luz e sombra, tema que Eviston aborda em detalhes no curso, Sombreamento básico: desenhar com luz dramática e sombra. Embora aprender com outros desenhos possa ser útil, ele recomenda uma abordagem da vida real: coloque um objeto numa mesa, aponte uma lâmpada para ele e observe o resultado. “Seria bom experimentar e observar os efeitos da luz num objeto e ver o que acontece quando você mexe a luz para reparar como a aparência dele vai mudando”, diz.

10. Sinta-se à vontade com o desenho volumétrico

Babi W., estudante da Skillshare, pratica o desenho volumétrico com uma xícara de café simples.
Babi W., estudante da Skillshare, pratica o desenho volumétrico com uma xícara de café simples.

“O desenho volumétrico é uma mudança crítica que você vai fazer enquanto artista”, diz Eviston. “Aprender a olhar para objetos, analisar como eles estão operando no espaço e colocar esses volumes no papel é uma das técnicas mais poderosas que você pode aprender e que vai ajudar seus desenhos a ter a ilusão de que são mesmo objetos tridimensionais reais no espaço profundo”. Seu cuso de desenho em 3D e perspectiva oferece uma série de exercícios para dominar essa habilidade.

11. Domine objetos simples antes de seguir adiante

“Encontrar motivos que sejam desafiadores, mas não totalmente desconcertantes é uma excelente maneira de você rapidamente melhorar seus desenhos”, diz Eviston. “Se você for logo para a uma forma complexa sem estar devidamente preparado, você vai provavelmente desenvolver maus hábitos no seu processo de desenhar. E uma vez adquiridos, vai ser bem difícil se livrar deles”.

12. Desenhe rápido

Embora se diga que para melhorar a sua maneira de desenhar você terá que gastar muitas horas, a ilustradora Ohn Mar Win defende justamente o contrário. “Pode parecer estranho, mas comprometer-se a fazer um esboço de uma taca só em apenas três minutos tira um pouco da pressão e da sobrecarga associadas à produção de desenhos,” diz ela. “Isso faz com que sua mente foque apenas em continuar trabalhando no desenho da vez, ao invés de se preocupar muito com o resultado”. Ela fez um curso que vai guiar você por esse processo, mas uma abordagem do tipo faça-você-mesmo também vale: basta observar o objeto que você quer desenhar, marque três minutos no cronômetro e mãos à obra! 

13. Imite os mestres

Copiar técnicas de outros artistas é uma ferramenta poderosa para o seu próprio aprendizado.
Copiar técnicas de outros artistas é uma ferramenta poderosa para o seu próprio aprendizado.

“Copiar um trabalho de um de seus artistas favoritos é uma maneira incrível de estudar”, diz Brickey. “Ao invés de quebrar sua própria cabeça com certas decisões, você pode ver o que outros fizeram e, com sorte, trazer aquelas soluções para seus próprios desenhos. Você vai aprender novas técnicas e métodos de criação artística, adicionando-os à sua lista de habilidades. Você também vai aprender boas noções de composição. Em vez de apenas olhar para uma peça por alguns minutos e só observá-la, copiar faz com que você repasse fisicamente os movimentos, ajudando você a ganhar memória muscular e conhecimento”.

14. Incorpore a cor

A instrutora da Skillshare Emmy Kalia ensina os alunos a misturar cores com a roda cromática.
A instrutora da Skillshare Emmy Kalia ensina os alunos a misturar cores com a roda cromática.

Depois de ter dominado o básico, você pode querer incorporar cores em seus desenhos a lápis. Um bom ponto de partida é o curso de Emmy Kalia, que usa a roda cromática como um exercício para fazer esboços. “É uma ótima maneira de aprender como essas cores funcionam juntas e, ao mesmo tempo, melhorar suas habilidades combinatórias. Demora um pouco de tempo, mas realmente vale a pena”, diz ela.

15. Continue praticando

ter “Uma das lições mais importantes que aprendi com minha prática diária de arte foi que agir é realmente o ingrediente secreto para se aperfeiçoar como artista”, diz Ria Sharon, instrutora da Skillshare. “Então, eu encorajo você a fazer do mesmo jeito!”. 

50 esboços a lápis que você pode usar para inspiração

Está na hora de desenhar. Se você está procurando esboços fáceis que podem ser feitos em poucos minutos ou então esboços a lápis mais desafiadores, esses desenhos podem oferecer muita inspiração.

Esboços a lápis de flores

Esboços de flores da estudante da Skillshare Lysified.
Esboços de flores da estudante da Skillshare Lysified. 
A estudante da Skillshare Jessica D. esboça uma gama de flores.
A estudante da Skillshare Jessica D. esboça uma gama de flores.
Neste esboço a lápis, a estudante da Skillshare Annette B. usa uma paleta de cores simples e agradável.
Neste esboço a lápis, a estudante da Skillshare Annette B. usa uma paleta de cores simples e agradável.
Até mesmo iniciantes podem desenhar essa simples rosa, com base num tutorial da instrutora de desenho da Skillshare Emma Smith.
Até mesmo iniciantes podem desenhar essa simples rosa, com base num tutorial da instrutora de desenho da Skillshare Emma Smith.
Uma peônia lindamente detalhada de Brookelle J., estudante da Skillshare
Uma peônia lindamente detalhada de Brookelle J., estudante da Skillshare
A estudante da Skillshare Misty G. fez um dramático desenho colorido a lápis de rosas num teclado.
A estudante da Skillshare Misty G. fez um dramático desenho colorido a lápis de rosas num teclado.

Esboços a lápis de natureza

A estudante da Skillshare Romona S. desenhou uma variedade de folhas.
A estudante da Skillshare Romona S. desenhou uma variedade de folhas.
O uso de lápis grafite de pesos variados foi o que deu vida e textura a esse desenho de Diane Flick, instrutora da Skillshare.
O uso de lápis grafite de pesos variados foi o que deu vida e textura a esse desenho de Diane Flick, instrutora da Skillshare.
Nessa simples árvore da instrutora da Skillshare Emma Smith podemos ver técnicas de sombreamento.
Nessa simples árvore da instrutora da Skillshare Emma Smith podemos ver técnicas de sombreamento.
Árvores perenes são fáceis de desenhar, e até mesmo esboços simples como esses são impressionantes.
Árvores perenes são fáceis de desenhar, e até mesmo esboços simples como esses são impressionantes.
Este esboço de carvalho da instrutora da Skillshare Suzanne Kurilla exibe beleza e mistério.
Este esboço de carvalho da instrutora da Skillshare Suzanne Kurilla exibe beleza e mistério.
Uma cena de natureza feita com uma variedade de lápis grafite.
Uma cena de natureza feita com uma variedade de lápis grafite.
Técnicas especializadas de cor e sombreamento dão vida a esses quiuís da instrutora da Skillshare Jasmina Susak.
Técnicas especializadas de cor e sombreamento dão vida a esses quiuís da instrutora da Skillshare Jasmina Susak. 
Outra obra-prima de Susak, esse desenho a lápis de cogumelo é vívido e tridimensional.
Outra obra-prima de Susak, esse desenho a lápis de cogumelo é vívido e tridimensional.

Retratos a lápis

Textura é o que dá vida a retratos de desenho a lápis, como este da instrutora da Skillshare Antonia Dewey.
Textura é o que dá vida a retratos de desenho a lápis, como este da instrutora da Skillshare Antonia Dewey.
Até mesmo linhas simples podem criar um retrato convincente.
Até mesmo linhas simples podem criar um retrato convincente.
Retratos a lápis são simples, mas ainda assim podem expressar muita emoção.
Retratos a lápis são simples, mas ainda assim podem expressar muita emoção.
Difícil acreditar que esse retrato realista da instrutora da Skillshare Gabrielle Brickey foi feito apenas a lápis.
Difícil acreditar que esse retrato realista da instrutora da Skillshare Gabrielle Brickey foi feito apenas a lápis.
A textura do cabelo e da pele é essencial no desenho de retratos da instrutora da Skillshare Maryam Fakher.
A textura do cabelo e da pele é essencial no desenho de retratos da instrutora da Skillshare Maryam Fakher.
A estudante da Skillshare Еlena R. mostrou sua criatividade nesse retrato colorido a lápis.
A estudante da Skillshare Еlena R. mostrou sua criatividade nesse retrato colorido a lápis.
Essa imagem do instrutor da Skillshare Akhil B. ilustra bem o quanto lápis coloridos podem encher de vida um retrato.
Essa imagem do instrutor da Skillshare Akhil B. ilustra bem o quanto lápis coloridos podem encher de vida um retrato. 
Crie imagens como essa obra-prima realista do curso da Skillshare de Paul Fischer.
Crie imagens como essa obra-prima realista do curso da Skillshare de Paul Fischer.
Retratos não precisam ser sérios. O instrutor da Skillshare Robert Marzullo mostra como fazer rostos no estilo das histórias em quadrinhos.
Retratos não precisam ser sérios. O instrutor da Skillshare Robert Marzullo mostra como fazer rostos no estilo das histórias em quadrinhos.

Esboços fofos de animais

Faça um esboço de seu cão a partir de uma fotografia.
Faça um esboço de seu cão a partir de uma fotografia.
A estudante da Skillshare Mercedes M. adiciona textura especializada a esse simpático desenho de uma vaca.
A estudante da Skillshare Mercedes M. adiciona textura especializada a esse simpático desenho de uma vaca.
Este guaxinim fofo do ilustrador Dream Chen é mais criativo do que realista — mas nós o adoramos do mesmo jeito.
Este guaxinim fofo do ilustrador Dream Chen é mais criativo do que realista — mas nós o adoramos do mesmo jeito.
Com esse retrato de cão, a instrutora da Skillshare Laura Williams mostra que podemos fazer esboços a lápis maravilhosos.
Com esse retrato de cão, a instrutora da Skillshare Laura Williams mostra que podemos fazer esboços a lápis maravilhosos.
Um desenho a lápis de um adorável labrador do estudante da Skillshare Hector C.
Um desenho a lápis de um adorável labrador do estudante da Skillshare Hector C. 
Esse esboço de gato é baseado numa linda e expressiva foto em preto e branco.
Esse esboço de gato é baseado numa linda e expressiva foto em preto e branco.
Com seus corpos minúsculos repletos de detalhes, os passarinhos são excelentes temas para o desenho a lápis.
Com seus corpos minúsculos repletos de detalhes, os passarinhos são excelentes temas para o desenho a lápis.
Detalhes e cores dão vida a essa abelha.
Detalhes e cores dão vida a essa abelha.
A instrutora Jasmina Susak traz cores vivas a esse desenho de tigre caçador.
A instrutora Jasmina Susak traz cores vivas a esse desenho de tigre caçador.

Esboços legais de edifícios e arquitetura

O curso da Skillshare de Emma Smith ensina perspectiva com esse simples desenho de um farol.
O curso da Skillshare de Emma Smith ensina perspectiva com esse simples desenho de um farol.
A instrutora Maryam Fakher usa textura para criar o intrincado trabalho em pedra nesse desenho.
A instrutora Maryam Fakher usa textura para criar o intrincado trabalho em pedra nesse desenho.
Veja como a instrutora da Skillshare Elwira Pawlikowska vai de um simples esboço a uma obra-prima rica em detalhes.
Veja como a instrutora da Skillshare Elwira Pawlikowska vai de um simples esboço a uma obra-prima rica em detalhes.
Essa grande catedral é mais um trabalho de Pawlikowska.
Essa grande catedral é mais um trabalho de Pawlikowska.
Desenhar castelos góticos tem tudo a ver detalhes.
Desenhar castelos góticos tem tudo a ver detalhes.
Uma igreja na Turquia de @markpoulierart.
Uma igreja na Turquia de @markpoulierart.

Desenhos de natureza morta

Esboçar esferas simples é uma ótima prática para desenhos de natureza mais complexos.
Esboçar esferas simples é uma ótima prática para desenhos de natureza mais complexos.
Um bule com uma xícara de café é um excelente tema de natureza morta.
Um bule com uma xícara de café é um excelente tema de natureza morta.
É quase palpável a textura da jarra e das frutas nesse esboço de natureza morta da estudante da Skillshare Ellen B.
É quase palpável a textura da jarra e das frutas nesse esboço de natureza morta da estudante da Skillshare Ellen B.
Às vezes um sombreamento simples é tudo o que você precisa em esboços de natureza morta.
Às vezes um sombreamento simples é tudo o que você precisa em esboços de natureza morta.
A estudante da Skillshare Corinna M. usa sombreamento para conferir profundidade a essas formas.
A estudante da Skillshare Corinna M. usa sombreamento para conferir profundidade a essas formas.
A estudante da Skillshare Jessi I. explora frutas e legumes em três dimensões.
A estudante da Skillshare Jessi I. explora frutas e legumes em três dimensões.

Esboços simples que qualquer pessoa pode fazer

Usando linhas simples e sombreamento, o instrutor da Skillshare John Anderson mostra como qualquer pessoa pode aprender a desenhar montanhas.
Usando linhas simples e sombreamento, o instrutor da Skillshare John Anderson mostra como qualquer pessoa pode aprender a desenhar montanhas.
Com instruções passo a passo e usando formas simples, Emma Smith mostra como até mesmo iniciantes podem desenhar um cavalo galopando.
Com instruções passo a passo e usando formas simples, Emma Smith mostra como até mesmo iniciantes podem desenhar um cavalo galopando. 
Diferentes gradações ajudam a dar uma textura sofisticada nesse desenho fácil de uma alcachofra.
Diferentes gradações ajudam a dar uma textura sofisticada nesse desenho fácil de uma alcachofra.
Essa simples taça de vinho é um exercício de perspectiva.
Essa simples taça de vinho é um exercício de perspectiva.
Até mesmo iniciantes podem desenhar retratos usando essa técnica de desenho abstrato em pixel art.
Até mesmo iniciantes podem desenhar retratos usando essa técnica de desenho abstrato em pixel art.
Desenhos abstratos, como este da estudante de Skillshare Johanna R., são ótimos para praticar sombreamento e gradientes.
Desenhos abstratos, como este da estudante de Skillshare Johanna R., são ótimos para praticar sombreamento e gradientes. 

Comece seu caderno de ilustração

Ilustração e inspiração: como fazer um sketchbook.

Written By

Skillshare

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest