Se você toca violão, há uma grande chance de que tenha tentado aprender “Stairway to Heaven” em algum momento. Mas você sabia que o famoso riff de introdução é na verdade tocado em um violão de 12 cordas? Isso já é razão suficiente para aprender um novo instrumento, não é? 

Se você está curioso para saber como tocar o violão de 12 cordas, continue lendo. Vamos falar sobre esse instrumento, sua história, em que ele é diferente do de 6 cordas padrão e vamos compartilhar algumas dicas de como aproveitá-lo ao máximo.

O que é um violão de 12 cordas?

Um violão de 12 cordas é exatamente o que o nome diz: um violão que tem 12 cordas. É um instrumento de curso duplo, o que significa que em vez das cordas simples que encontraria em um violão padrão de 6 cordas, ele tem seis pares próximos de cordas que são ajustados em uníssono ou com uma oitava de diferença. 

Cada um dos quatro pares de cordas mais baixos (E, A, D e G) é ajustado com uma oitava de diferença. Por exemplo, as cordas 11 e 12 são o E padrão que você encontra em um violão comum somado a um E que está uma oitava mais alta. 

Isso não acontece nos dois pares mais altos, já que o B e E alto são muito altos seria muito fácil estourar as cordas se a afinação fosse uma oitava maior. Por esse motivo, os pares B e E alto são simplesmente ajustados na mesma afinação. 

Diferença entre um violão de 12 e de 6 cordas

Como o violão de 12 cordas possui mais cordas, sua estrutura física é um pouco diferente do de 6 cordas padrão. Primeiramente, ele possui um braço mais largo para acomodar mais cordas. O braço também é mais curto e geralmente reforçado para garantir que possa aguentar a tensão de 12 cordas. Por fim, ele tem uma mão maior para acomodar mais tarraxas de afinação.

Quando se trata de tocar o violão de 12 cordas, tudo (afinação, cordas, padrões de dedilhados de todas as cordas ou de cordas separadas) é igual ao de 6 cordas. Pode levar um tempo para se acostumar a tocar duas cordas em vez de uma, mas é bem intuitivo. 

Som do violão de 12 cordas

Graças às seis cordas adicionais, o violão de 12 cordas produz um som muito rico e brilhante. A sobreposição de notas cria uma parede de som que é comparada a uma “vibração” ou “eco”. Isso acontece porque quando duas cordas são tocadas em uníssono ou com uma oitava de diferença, suas vibrações fora de sincronia criam um pouco de interferência. 

Na essência, tocar um violão de 12 cordas é um pouco parecido com tocar dois violões de 6 cordas ao mesmo tempo, por isso o som tem mais profundidade e volume.

Origem do violão de 12 cordas

É difícil dizer quem exatamente teve a ideia de duplicar as cordas de um violão de 6 cordas padrão, mas os de 12 cordas começaram a surgir nos Estados Unidos no início do século XX. Eles provavelmente foram inspirados em outros instrumentos de curso duplo que existem há séculos em outras culturas como o alaúde, o mandolin, a mandora, o tiple e o charango.

Acredita-se que o instrumento tornou-se popular primeiramente entre os músicos de rua porque seu volume mais alto destacou-se em multidões barulhentas e chamou a atenção. Foi só depois dos anos 30 e 40 que músicos conhecidos popularizaram o instrumento e os fabricantes começaram a produzir violões de 12 cordas de alto nível.

Músicas com violão de 12 cordas

O violão de 12 cordas foi popularizado primeiro no blues e folk, mas rapidamente se espalhou para o rock, jazz e pop. Atualmente, qualquer pessoa que queira adicionar um som mais completo à sua música pode ter acesso a um deles, independentemente do gênero.

Canções famosas com violão de 12 cordas 

É provável que você já tenha ouvido o som inconfundível das 12 cordas se já escutou alguns destes clássicos eternos:

  • “Stairway to Heaven” — Led Zeppelin
  • “Hotel California” — Eagles
  • “Wanted Dead or Alive” — Bon Jovi
  • “Space Oddity” — David Bowie
  • “A Hard Day’s Night” — The Beatles
  • “Wish You Were Here” — Pink Floyd
  • “Free Fallin” — Tom Petty
  • “Breaking The Girl” — Red Hot Chili Peppers
  • “Wild Horses” — The Rolling Stones
  • “More Than a Feeling” — Boston

Como tocar um violão de 12 cordas

Caso queira tocar um violão ou guitarra de 12 cordas, ambos são tocados de forma muito semelhante aos seus equivalentes de 6 cordas. A única diferença real é que você estará pressionando e tocando duas cordas em vez de uma. 

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a tirar o maior proveito do instrumento:

1. Mantenha-o afinado

Se 6 cordas um pouco desafinadas podem soar de forma um tanto desagradável, 12 cordas desafinadas soarão como uma baderna. Por existir uma tensão maior no braço, as cordas tendem a desafinar mais rápido. Por isso, certifique-se de sempre manter um afinador no violão e de afiná-lo com frequência.

2. Abaixe o tom

Uma maneira de diminuir a tensão em um violão de 12 cordas é afiná-lo para meio tom ou um tom completo pra baixo. Isso significa que em vez de ajustar as duas cordas mais baixas para E, você irá afiná-las para D# ou D. Se você quiser manter a o tom original ou se estiver tocando com outras pessoas, basta usar um capotraste no primeiro ou segundo traste para voltar a subir o tom das cordas. Apenas se certifique de escolher um capotraste especial de 12 cordas: são feitos especificamente para trastes mais largos. 

3. Evite acordes de pestana se puder

Tocar acordes de pestana requer que você pressione todas as 12 cordas com apenas um dedo, recriando o efeito de um capotraste. Embora isso seja possível, há grandes chances de você não conseguir aplicar uma pressão igual a todas as 12 cordas, e algumas delas vão vibrar em vez de produzir um som limpo e nítido. Sempre que puder, substitua acordes de pestana por acordes abertos. Se necessário, transponha seus acordes pra baixo e use um capotraste.

4. Pratique, pratique e pratique

O violão de 12 cordas realmente brilha quando você toca corda a corda em vez de tocar todas juntas. No entanto, isso pode ser uma questão de hábito. Comece encontrando uma boa palheta que seja confortável de usar e pratique tocar duas cordas ao mesmo tempo. Logo você vai conseguir tocar em escala, acordes de arpeggiate e tocar solos como faria com um violão de 6 cordas. 

Comece a aprender tocar violão de 12 cordas

Se você já sabe como tocar um violão de 6 cordas padrão, aprender o de 12 cordas pode levar a sua música a outro nível. Teste um deles hoje e perceba o quão belo é seu som! 

Aprenda a tocar a guitarra

Aprenda guitarra: guia completo para iniciantes