Não há nada como ver suas criações ganharem vida na tela, e para os animadores 3D, seus objetos, personagens e cenários realistas são quase tão próximos da realidade quanto possível. No entanto, com as rápidas mudanças da tecnologia atual, é fácil esquecer que a animação 3D nem sempre foi o padrão para videogames, filmes e programas de TV. Aqui, vamos dar uma olhada em sua história, incluindo alguns exemplos famosos, e pensar sobre o que o futuro pode reservar para esta forma de arte digital.

O que é a animação 3D?

Qualquer que seja o tipo de animação de que estamos falando, é o processo de criação de uma imagem estática que parece estar em movimento. A animação 3D leva as coisas um passo mais além ao tornar a imagem tridimensional. Os personagens e objetos têm profundidade e parecem mais realistas no mundo digital, em vez de parecerem “planos” como você encontraria na animação 2D

ilustração de skate
A animação 2D parece “plana” em comparação com sua contraparte 3D.

Como a animação funciona? Os animadores começam criando imagens fixas que são divididas em quadros, ou uma única imagem completa. Quando os quadros são reunidos e reproduzidos em uma sequência, nossos olhos e nosso cérebro são levados a pensar que a imagem está se movendo.

Para criar a ilusão de movimento, as imagens precisam ser exibidas a 12 quadros por segundo ou mais rápido. Para os animadores clássicos que desenham à mão, 15 quadros por segundo é o padrão da indústria para criar o visual de desenho animado que todos conhecemos e amamos. Mas para quem usa software de animação 3D, 24 quadros por segundo é comum.

galinha
A animação 3D é mais realista e tem uma aparência tridimensional.

A maioria das animações 3D são criadas usando um esqueleto virtual conhecido como rig, o que dá ao animador o esboço rudimentar do personagem ou forma que eles estão desenhando. A partir daí, peças individuais do esqueleto podem ser ajustadas em cada quadro para que, quando colocados na sequência, as partes do corpo pareçam se mover.

Quem inventou a animação 3D e quando?

É difícil responder a esta pergunta específica, já que ela realmente depende do tipo específico ao qual você se refere.

GIF do desenho Oh no worried whoops, da Aardman Animations
Fonte: giphy
A claymation é amplamente considerada a forma mais antiga do tipo.c

A claymation, técnica em que modelos de objetos em argila são criados e manipulados quadro a quadro, remonta ao início do século XIX. Se você está familiarizado com as técnicas de stop motion utilizadas na claymation (pense em Wallace e Gromit ou Coraline), a animação 3D é essencialmente a versão digitalizada desse estilo de animação.

Se estamos falando de animação por computador, a adoção de imagens geradas por computador, ou CGI, os anos 60 foram o início dos estilos de animação 3D que conhecemos hoje. William Fetter, funcionário da Boeing, é frequentemente creditado como o inventor dos gráficos 3D gerados por computador. Seus curtas-metragens de pilotos numa apresentação estrutural, usados para testar sua capacidade de chegar aos controles da aeronave, são algumas das primeiras formas de imagens em movimento em 3D.

Crie seus próprios personagens 3D!

Dê vida à sua ilustração com Blender 3D

Breve história da animação 3D

Embora a animação 2D exista desde 1800, os gráficos tridimensionais se desenvolveram com o movimento em direção a gráficos totalmente computadorizados em meados do século XX.

Os primórdios da animação 3D

No final dos anos 60 e 70, os cientistas da computação trabalharam na aprendizagem de como animar em 3D para projetos maiores. Os projetistas Edwin Catmull (que passaria a cofundar a Pixar) e Frederic Parke foram alguns dos primeiros a criar mãos e rostos humanos realistas em estruturas digitais aramadas. Suas técnicas foram utilizadas em filme pela primeira vez em 1976, no filme Ano 2003 — Operação Terra. 

GIF do Veggie Tales
Fonte: giphy
Veggie Tales foi o primeiro programa de televisão nos EUA a empregar o estilo.

O software continuou a ser aperfeiçoado durante os anos 80, e a animação 3D tornou-se instrumento no início dos anos 90. Veggie Tales foi a primeira série de animação totalmente 3D nos Estados Unidos em 1993, e em filmes de sucesso de Hollywood como O Exterminador do Futuro 2 (1991) e Jurassic Park (1993), ambos usaram extensivamente o estilo.

Em 1995, a animação 3D assumiu seu maior desafio até então: um filme de longa-metragem completo. Naquele ano, a Pixar lançou Toy Story, e o filme recebeu o título do primeiro filme totalmente animado por computador.

Animação 3D na atualidade

Desde os anos 90, os métodos de animação CGI e 3D continuaram evoluindo, criando efeitos especiais em quase todos os filmes e programas de televisão que existem atualmente. Filmes como Avatar (2009) e os novos remakes de “live-action” da Disney de filmes 2D clássicos agora dependem fortemente da combinação de animação 3D com atores humanos. 

GIF de O Rei do Leão da Walt Disney Studios
Fonte: giphy
A versão 2019 da animação de O Rei Leão é altamente realista.

Recentemente, chegamos à era do fotorrealismo e da animação 4D, em que os gráficos são tão claramente definidos que muitas vezes é difícil distinguir se são gerados por computador ou são parte da vida real.

O futuro da animação 3D

Como acontece com a maioria das tecnologias, saber o que o futuro nos reserva é difícil de prever. É difícil imaginar a animação 3D se tornando ainda melhor do que já é! Mas a ascensão da realidade virtual (RV) e da realidade aumentada (RA) mostra o quanto ela já está evoluindo.

Como temos observado nos últimos anos, é provável que a animação 3D se torne ainda mais difundida e seja utilizada para negócios e na comunicação cotidiana. Agora, é tão provável que você veja uma marca usando animação em seu marketing quanto um novo programa de televisão animado.

Também é provável que a aprendizagem de máquina — na qual uma entrada é avaliada por um computador e uma saída relevante é criada automaticamente — ajude os animadores a acelerar seus fluxos de trabalho. E, com todo o tempo em seus dias de trabalho, é provável que vejamos conteúdo ainda mais animado batendo em nossas telas.

Exemplos de animação 3D

Toy Story (1995)

GIF de Toy Story, ao Infinito e Além
Fonte: giphy
Toy Story foi o primeiro filme animado totalmente em 3D.

Na época da criação do Toy Story, a Pixar ainda era uma start-up dirigida por Steve Jobs e uma equipe de designers gráficos que nunca havia criado nada em 3D além de filmes curtos e comerciais. Conseguiram concretizá-lo — e o filme ganhou mais de US$ 360 milhões durante seu tempo nos cinemas.

Assassin’s Creed (2007)

GIF de assassins creed parkour
Fonte: giphy
Assassin’s Creed é um dos muitos jogos populares nessa área.

Este popular jogo de ação e aventura usa gráficos 3D altamente detalhados para dar vida aos personagens e cenários. Os jogadores vêem os eventos de uma perspectiva em terceira pessoa dentro de um mundo histórico fictício e participam de missões e missões antes de tentarem o assassinato final do inimigo.

Audible (2018)

Comercial da Audible
Fonte: glassworks vtx
As empresas começaram a incorporar o 3D em seu marketing digital.

A marca líder mundial de audiolivros Audible se uniu a uma empresa de efeitos visuais para adicionar animação 3D ao comercial de 2018, I Am What I Hear (Eu Sou o que Eu Escuto). Em menos de 30 segundos, vemos gráficos tridimensionais sobrepostos em atores humanos, representando o conhecimento e o prazer obtidos ao ouvir um audiolivro. Esse é um grande exemplo de como as marcas estão criando animações 3D em campanhas de marketing.

Aprenda como animar em 3D

Embora o aperfeiçoamento da arte deste estilo de animação leve anos, iniciar seus próprios projetos é a melhor maneira de aprender. Se você está se sentindo inspirado a criar, não há melhor momento para fazer um curso e construir um personagem 3D você mesmo.

Junte-se ao futuro da animação 3D

Realidade virtual para artistas: como trazer ilustrações para o 3D com Tilt Brush

Written By

Holly Landis

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest