Quer ter a liberdade de memorizar informações sem usar cartões em papel? Anki (a palavra japonesa para “memorização”) é um aplicativo de memorização que utiliza a repetição espaçada para ajudar a memorizar informações de forma eficaz.

As possibilidades para o uso do Anki são infinitas: você pode utilizá-lo para estudar para o ENEM de medicina ou para a prova da OAB, para aprender línguas estrangeiras ou até para dominar as escalas do seu violão. Despertou sua curiosidade? Vamos dar uma olhada em como usar o Anki de forma eficaz.

Como posso começar a usar o Anki?

Para aprender a usar o Anki, comece baixando o aplicativo gratuitamente em seu computador ou celular. 

Não se preocupe com o dispositivo em que foi feito o download inicialmente, pois o Anki pode ser sincronizado em diversos dispositivos. O aplicativo já foi baixado e instalado? Em seguida, crie sua conta.

Isso é tudo o que você precisa fazer para começar. Não se preocupe, vamos orientar você em todos os passos. 

O que o aplicativo faz e como funciona? 

O Anki é um software que usa lembretes e repetições espaçadas para ajudar a memorizar as informações de que você precisa. “É bem mais eficiente do que os métodos tradicionais de estudo, e você pode diminuir o seu tempo de estudo ou aumentar a quantidade de coisas que aprende”, explica o instrutor da Skillshare, Ali Abdaal.

O Anki é super versátil e você pode usá-lo para criar cartões de estudo sobre qualquer assunto que quiser.

Depois de criar seus próprios cartões no Anki, você pode testar a sua memória da mesma forma que estudaria com cartões físicos. Mas, ao contrário dos cartões de memorização convencionais, esse programa dá a você a oportunidade de classificar se a pergunta foi fácil, média ou difícil. O Anki usa essas classificações para determinar qual intervalo de repetição espaçada deve ser utilizado.

O que é repetição espaçada? É uma técnica de aprendizagem que mostra um material (seus cartões) repetidas vezes em intervalos de tempo precisos para otimizar a sua compreensão e retenção de conhecimentos. Resumidamente, ele vai mostrar temas mais difíceis com mais frequência, para que eles sejam retidos de maneira melhor. 

“Ao longo do tempo, eu passo pelos meus cartões de memorização, classificando o grau de dificuldade que tive. Depois, o Anki reapresenta os pontos relevantes baseados especificamente naqueles conteúdos que tenho maior probabilidade de esquecer”, explica Adbadall.

Como se usa o Anki?

Use o Anki para estudar qualquer assunto que você queira decorar por um longo período. Alguns exemplos incluem:

  • Vocabulário de um novo idioma
  • Exames de Medicina e Direito
  • Geografia
  • História
  • Artigos literários e gramática
  • Nomes de equipes esportivas, locais e jogadores de esporte
  • Letras de música

… e muito mais! A lista é infinita, mas mostra como esse programa pode ser versátil e como ele pode ajudar você a aprender novos temas. 

Então, como se usa o aplicativo? Vamos começar! 

Passo 1: baixar e instalar o Anki

Essa etapa é a mais fácil (especialmente porque já cobrimos esse passo anteriormente): baixe o Anki no seu laptop, computador ou smartphone da mesma maneira como instalaria qualquer outro aplicativo. 

Depois que o Anki for instalado, você precisará criar uma conta com um nome de usuário e senha. Depois de terminar, você verá uma tela em branco. Isso é normal — você vai adicionar conteúdo em breve.

Passo 2: crie um baralho

tutorial do Anki
Crie quantos baralhos e cartões você quiser no Anki.

Agora você precisa criar um baralho para organizar seus cartões individuais. Você pode criar quantos baralhos e cartões quiser. 

Sugerimos organizar seu baralho por tema. Por exemplo, se quiser estudar as capitais dos países, crie um baralho chamado “Cidades capitais”.

É super fácil, basta clicar em “Criar baralho” e nomeie seu baralho conforme o tema. 

Passo 3: crie um cartão

capitais mundiais no Anki
Crie cartões básicos no Anki ou personalize seus cartões.

Agora você está pronto para criar os seus próprios cartões. Cada baralho tem um botão “adicionar” que permite inserir e criar novos cartões. Isso direciona a uma nova janela onde você pode digitar as informações desse cartão. 

Se estiver estudando as capitais, você pode colocar na frente do cartão a pergunta “Capital da França” e depois inserir a resposta “Paris” no verso. 

Se quiser simplificar, você pode deixar como está. Mas você também tem a opção de personalizar seus cartões com diferentes fontes, cores, imagens e muito mais (vamos falar sobre isso na próxima seção).  

Quando você toca no botão azul “adicionar”, a tela informa que está aguardando a edição ser concluída. Depois do fechar a tela “adicionar”, você verá que um cartão foi salvo.

Passo 4: personalize seus cartões de memorização

Há outro recurso interessante no Anki: como usar multimídia para melhorar seus cartões de memorização e a experiência de estudo. 

Usando a barra de ferramentas no canto superior direito da janela de composição, você pode facilmente incorporar mídia como áudio, imagens, telas e vídeos aos seus cartões.

Você também pode marcar seus cartões para pesquisar seus baralhos usando uma palavra-chave específica. É uma forma fácil de criar baralhos subordinados. Então, se quiser usar o Anki na faculdade de medicina, por exemplo, você pode marcar seus cartões com o nome das várias provas que terá que fazer. 

Passo 5: estude com cartões de memorização

cartões de memorização anki
Criar seus próprios cartões é divertido, mas a mágica acontece quando você estuda usando esses cartões.

O Anki tem duas categorias de aprendizagem: cartões de memorização novos e ainda não estudados e cartões que já foram estudados e precisam ser revistos. Os decks serão marcados como “para aprender” ou “para revisar”. 

Você pode estudar cartões de memorização no seu baralho clicando no nome do baralho e pressionando o botão “estudar agora”. Você dá a sua resposta e o Anki mostra a resposta certa. 

Em seguida, você verá a resposta correta com três botões marcados “repetir”, “bom” e “fácil”. Você vai utilizá-los para classificar seu grau de dificuldade com a pergunta para que o Anki possa usar essa informação definir os intervalos de repetição espaçados.

Esses termos podem ser um pouco confusos no início. Mas, o que você precisa saber é que o Anki usa “passos de aprendizagem” para ajudar você a dominar novas informações. A forma como você classifica os cartões informa ao Anki para que passo esse cartão deve ser encaminhado. Aqui está o mais importante: 

  • Repetir: move o cartão de volta para o primeiro passo (para que ele seja reexibido em breve para você)
  • Bom: move o cartão para o próximo passo de aprendizagem (para que você possa vê-lo novamente em pouco tempo)
  • Fácil: move o cartão para cartão de “revisão”, e não mais cartão de “aprendizagem” (para que você não o veja mais até ir para o estágio de revisão)

O Anki é uma ferramenta incrivelmente poderosa para aprender novas informações, e essa não precisa ser uma atividade solitária. Você pode compartilhar seus baralhos com seus amigos ou até mesmo baixar baralhos compartilhados por outras pessoas. Por exemplo, se você quiser aprender a usar o Anki para Medicina, existem, no mínimo, 50 baralhos para você começar.

Independentemente do que você quer estudar, o Anki vai ajudar a aprender novos temas de forma eficaz e talvez, até mesmo, ensinar você a se divertir durante esse processo.

Aprenda de um jeito mais fácil!

Aprenda qualquer coisa com flashcards: o melhor guia de Anki

Written By

Kaitlyn Arford

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest