Quando você está começando na fotografia, pegar a câmera e fotografar qualquer coisa que chama a atenção muitas vezes ilumina sua chama criativa. Mas se sua visão é ser profissional e desenvolver uma carreira na indústria (ou mesmo ganhar fama), estudar os que vieram antes de você é uma das melhores maneiras de aprender. Neste guia, vamos apresentar alguns dos fotógrafos mais famosos do mundo e falar sobre como seus estilos únicos os destacaram em um espaço lotado. Espero inspirar você a seguir seus sonhos na fotografia.

1. Annie Leibovitz

https://www.instagram.com/p/B_-UDzCgUbB/
Annie Leibovitz é conhecida por seu estilo abafado e seu foco afiado.

Vamos começar com alguém cujas fotos você provavelmente já viu várias vezes: Annie Leibovitz. Seu uso distinto da iluminação discreta e suas fotos de celebridades tornam seu trabalho instantaneamente reconhecível, criando obras que poderiam estar na seção de Renascimento de uma galeria de arte. 

Seu estilo consistente a ajudou a ganhar notoriedade e fotografar algumas das pessoas mais influentes do mundo, incluindo Yoko e John Lennon (poucas horas antes do seu assassinato!), Mick Jagger e Demi Moore e até a Rainha Elizabeth II.

2. Vivian Maier

foto preta e branca com tripla exposição
Fonte: Vivian Maier
Pioneira da arte de rua, Vivian Maier costumava tirar autorretratos em vitrines de lojas e ao lados de carros.

Ela foi uma fotógrafa de rua de meados do século XX que, infelizmente, só foi reconhecida depois de sua morte em 2009. Suas primeiras fotos foram publicadas em 2008, e seus trabalhos mais conhecidos são imagens em preto e branco de Chicago e Nova Iorque nos 1950s e 1960.

A maioria das fotos de Maier é casual, retratando qualquer pessoa que passasse por ela naquele dia. Ela também tirou vários autorretratos refletidos em espelhos de lojas antigas ou mesmo na frente de vitrines de rua. O trabalho dela não tem o acabamento polido de muitos fotógrafos famosos, mas é uma amostra de história que vai inspirar você a encontrar beleza na vida cotidiana.

3. Walker Evans

homens no lado da rua em preto e branco
Fonte: Wikimedia
Walker Evans ficou famoso por sua fotografia documental durante a Depressão.

Fotojornalista notável, Walker Evans é mais conhecido pelas fotos da Grande Depressão que tirou enquanto trabalhava na secretaria de segurança de fazenda. Como Vivian Maier, Evans se concentrou principalmente na fotografia anônima de rua, usando sua câmera para capturar momentos de pessoas normais.

As fotos de Evans trazem vários temas, desde um casal em uma ponte em Nova York em 1920 até jovens na janela de um café, além de seus retratos de agricultores e suas famílias no sul.

4. Paul Strand

cidade litorânea em preto e branco
Fonte: Wikimedia
A fotografia de Paul Strand virou sinônimo de arquitetura e design geométrico.

Paul Strand era fotógrafo e cineasta, e usava sua câmera para destacar a injustiça nos anos 1930 e 1940. Suas fotos em preto e branco são principalmente retratos ou paisagens, com várias imagens da arquitetura da cidade, usando uma abordagem geométrica para criar um visual impactante.

Seu interesse posterior em máquinas e edifícios se tornou um foco no seu trabalho, enquanto cidades como Nova York viravam metrópoles. Quando se mudou para a França, voltou às raízes, documentando a vida de plantas e as pessoas que encontrava diariamente.

5. Gregory Crewdson

https://www.instagram.com/p/CIZIa8vlVUN/
Gregory Crewdson é conhecido pelo seu estilo cinematográfico.

Se fosse possível transformar um blockbuster em uma foto, é provável que Gregory Crewdson fizesse o trabalho. Famoso pelo seu estilo cinematográfico, Crewdson cria imagens em larga escala que custam milhões de dólares para serem agrupadas. 

Embora os temas sejam pessoas comuns e pequenas cidades americanas, Crewdson opera como se estivessem fazendo um filme de baixo orçamento. Os resultados finais parecem stills de filme de ficção ou terror. Mas não é preciso ser um fotógrafo famoso ou ter um grande orçamento para recriar esse olhar. Brinque com a configuração e iluminação como se fosse um diretor de filmes e tire fotos mais elaboradas.

6. Elliott Erwitt

cães pretos e brancos em nyc
Fonte: elliot erwitt
Elliott Erwitt é conhecido por suas fotos cômicas em preto e branco, principalmente de cachorros.

O fotógrafo francês Elliott Erwitt se destaca dos seus contemporâneos do século XX fazendo imagens em preto e branco. Embora tenha feito retratos de pessoas famosas, como Marilyn Monroe e Che Guevara, a maior parte do seu trabalho envolve cães em situações humorísticas.

O estilo espontâneo fez dele uma escolha popular para revistas de estilo de vida e entretenimento nos anos 1950 e 1960. O trabalho de Erwitt é um ótimo exemplo de como transformar situações, pessoas e objetos cotidianos em obras de arte irônicas.

7. Ansel Adams

Fonte: Wikimedia
Muitos americanos foram apresentados aos Parques Nacionais pelas fotos de Ansel Adams.

Ansel Adams é mais conhecido pela sua fotografia da natureza em 1930, principalmente seu trabalho no parque nacional de Yosemite. Ele usava um foco forte e um alcance de tom amplo para capturar melhor as paisagens e o mundo natural, resultando em imagens com uma profundidade incrível para a época.

Ambientalista de uma vida inteira, Adams usou seu trabalho para destacar a beleza dos recursos naturais dos EUA e foi contratado pelo Departamento do Interior do país para fotografar parques nacionais com fins publicitários. Ele foi ganhou uma medalha presidencial em 1980 e foi um conselheiro importante na fundação do departamento de fotografia do Museu de Arte Moderna de Nova York.

Traga luz à sua próxima foto!

Conceito de iluminação: maneira fácil de usar a iluminação em fotografia

8. James Van Der Zee

foto preta e branca de uma pessoa
Fonte: Wikimedia
James Van Der Zee estava perfeitamente posicionado para capturar o auge do renascimento do Harlem, graças ao seu popular estúdio de fotografia.

James Van Der Zee é mais conhecido como um dos líderes do renascimento do Harlem e por seus retratos de negros novos iorquinos do século XX. Ele abriu seu próprio estúdio de fotografia em 1916, depois de aprender o ofício trabalhando como assistente de revelação. 

Com um grande número de imigrantes negros se deslocando para o Harlem, Van Der Zee passou a tirar fotos de famílias de classe média em casamentos, funerais e outros eventos sociais. Seu trabalho era feito principalmente em estúdio e faz uso de adereços, fantasias e cenários.

9. Dorothea Lange

foto de uma mãe na grande depressão
Fonte: Wikimedia
Dorothea Lange capturou uma das imagens mais famosas da Grande Depressão: a Mãe Migrante.

Mais uma fotógrafa de documentários de 1930, Dorothea Lange ficou famosa por suas imagens em preto e branco da Depressão. Seu trabalho mais notável é a Mãe Migrante, uma imagem icônica da época, que destacou as lutas que muitos americanos enfrentavam para manter suas famílias vivas durante a pior crise econômica que o mundo já viu.

Seu trabalho de 1940 retratou a vida de japoneses-americanos na evacuação e internação após o ataque a Pearl Harbor. Fotos de famílias sendo tiradas de suas casas, crianças esperando na fila e pessoas coletando marcas de identificação se tornaram um lembrete sombrio da prisão de pessoas inocentes.

10. Steve McCurry

https://www.instagram.com/p/CMAapI3n2IN/
Conhecido por sua fotografia de viagens em zonas de guerra, Steve McCurry viajou o mundo todo a trabalho.

Assim como Dorothea Lange, uma única imagem alavancou a carreira de Steve McCurry em nível mundial. Sua foto de 1984, intitulada Afghan Girl, apresenta uma órfã de 12 anos vivendo em um campo de refugiados. A imagem final destaca seus olhos marcantes e foi nomeada a fotografia mais reconhecida da história pela revista National Geographic.

Depois de pegar uma câmera durante a faculdade, McCurry viajou para o Paquistão e começou a tirar fotos. Elas apareceram em publicações importantes como o The New York Times e a Time Magazine, lançando sua carreira como fotógrafo profissional em conflitos armados no mundo todo.

11. Irving Penn

https://www.instagram.com/p/COyOyL0JJ5k/
Irving Penn foi um dos primeiros fotógrafos de moda a fotografar em um fundo simples, destacando completamente seus temas.

Um dos maiores fotógrafos da Vogue há mais de sessenta anos, Irving Penn ficou mais conhecido por levar um olhar artístico a todas as suas imagens. Sua preferência pelo ambiente controlado do estúdio permitia que ele posasse seus temas com cuidado, geralmente na frente de um pano de fundo cinza ou branco para criar um estilo refinado e elegante.

Ao longo da sua carreira, Penn fotografou pessoas notáveis como Pablo Picasso, Georgia O’Keeffe e Igor Stravinsky usando seu estilo único e minimalista. Ele é creditado por quebrar a barreira entre a fotografia de arte e o trabalho comercial, criando imagens que são referências para fotógrafos de revistas.

12. Matt Porteous

https://www.instagram.com/p/B_U8UwXDBn9/
Além da fotografia de casamento, Matt Porteous se tornou o fotógrafo particular da duquesa de Cambridge.

Mais famoso pelos retratos pessoais do duque e da duquesa de Cambridge e os filhos, o fotógrafo britânico Matt Porteous trabalhou com casamento, esportes e viagens por vários anos. Seu trabalho geralmente apresenta iluminação natural e cores vibrantes, que refletam as paisagens em que está fotografando. 

Pippa Middleton, Ellie Goulding e outras contrataram Porteous e sua equipe para registrar seus casamentos, mas seu trabalho mais recente com a futura família Real inglesa colocaram seu nome no mapa. Ele tirou algumas das melhores fotos da jobem família, desde o aniversário do príncipe George no dia do seu batizado.

13. Deana Lawson

duas pessoas em uma cama
Fonte: MOMA
Deana Lawson usa suas fotos para capturar a essência da cultura negra no mundo todo.

Deana Lawson é uma fotógrafa contemporânea que foca a experiência afro-americana nos EUA nos dias atuais. Os temas típicos das suas imagens incluem intimidade, espiritualidade, sexualidade e famílias negras. Suas fotos são altamente estilizadas, mas geralmente ocorrem em um fundo aparentemente mundano, como a cozinha de uma casa de família.

Embora se concentrem na experiência negra em grupos, a maioria dos temas são estranhos posando para as cenas. Ela também incorporou suas viagens ao seu trabalho, refletindo como a cultura negra se estende além dos limites nacionais. O filme Queen & Slim, de 2019, foi inspirado no trabalho de Lawson.

14. David Bailey

https://www.instagram.com/p/CIii9C2FqNu/
Celebridade por direito próprio, David Bailey é famoso por fotografar alguns dos nomes mais notáveis desde a década 1960.

O fotógrafo britânico David Bailey começou na Vogue britânica em 1960, capturando a ascenssão da cultura hippie na badalada Londres dos anos 60. Suas fotos refletem a destruição de barreiras de classe seculares, destacando temas punk e da classe trabalhadora nos anos 1970 e 1980.

Bailey fotografou milhares dos nomes mais icônicos do mundo, como os Rolling Stones e Kate Moss, usando seu estilo em preto e branco. Iluminação nítida e recortes também são fortes características do trabalho da Bailey, trazendo um novo nível de simplicidade e intimidade à fotografia de moda.

15. Margaret Bourke-White

foto preto e branco de homem cavando
Fonte: MOMA
Margaret Bourke-White foi a primeira fotojornalista da América que usava um estilo documental no seu trabalho.

Famosa por ser a primeira mulher a fazer fotojornalismo de guerra, Margaret Bourke-White também é creditado por tirar a última foto conhecida de M.K. Gandhi no volante, horas antes do seu assassinato. Foi uma das fotógrafas mais notáveis de locais violentos, com suas imagens de recém-liberados de campos de concentração em Buchenwald, na Alemanha, um dos seus trabalhos mais memoráveis.

Como outros fotojornalistas dos anos 1930 e 1940, a abordagem do retrato do Bourke-White foi usada para capturar momentos da vida cotidiana de pessoas comuns e líderes mundiais. Seu interesse pelo trabalho humanitário fica claro em suas fotos, com muitas imagens retratando as duras realidades da guerra e pobreza.

16. Elizabeth Messina

https://www.instagram.com/p/CHGh9FtHGOJ/
Conhecida por suas imagens românticas e suaves, Elizabeth Messina é a favorita de muitas celebridades.

A fotógrafa de casamento Elizabeth Messina tem uma abordagem única ao trabalhar com casais. Ao contrário de muitas fotos de casamento, suas fotos são uma bela mistura de intimidade e arte, capturando o grande dia usando iluminação e perspectivas naturais e inesperadas.

Suas fotos têm um acabamento suave, geralmente em preto e branco ou pastel, com foco em dobras de tecidos ou caminhos de pétalas. Ela cria um visual romântico e atemporal com seu trabalho, que chamou a atenção dos fãs de celebridades. Jessica Simpson, Lauren Conrad, Jason Bateman e o fotógrafo Jose Villa chamaram Messina para fotografar seus casamentos.

17. Mario Testino

https://www.instagram.com/p/CQymfcILcKs/
O trabalho de Mario Testino já foi destaque em algumas das maiores publicações do mundo.

O fotógrafo de moda peruano Mario Testino é famoso por seus retratos íntimos de celebridades e da realeza. Seu trabalho mais reconhecível inclui uma série de fotos da princesa Diana tiradas em 1997, além das fotos oficiais do batismo da princesa Charlotte, em 2015.

As imagens de moda de Testino já foram destaque na Vogue e Vanity Fair, além de campanhas de publicidade das marcas mais conhecidas do mundo, como Chanel, Ralph Lauren e Versace. Embora alguns descrevam seu estilo como “realismo de luxo”, Testino argumenta que seu trabalho reflete o engajamento e a expressão do tema.

Pegue sua câmera e fotografe

Agora que você viu alguns exemplos dos fotógrafos mais famosos do mundo, é hora de começar a criar suas próprias obras de arte. Se tiver interesse em retratos, fotografia de rua ou mesmo natureza morta, experimente diferentes estilos, ângulos e configurações de iluminação até encontrar o seu! Boas fotos!

Construa uma carreira da sua paixão criativa!

5 passos para encontrar seu estilo de fotografia e desenvolver uma linguagem visual

Written By

Holly Landis

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest