Semana de homenagem aos professores! Todos os anos, usamos a primeira semana de maio para agradecer aos que nos ensinaram tanto. Na Skillshare, isso representa uma comunidade de instrutores criativos incrível que nos ajudaram a desbloquear o melhor da nossa criatividade, nos desafiaram a ir mais longe e nos deram as ferramentas para abordar nosso ofício de maneiras novas e emocionantes.

A cada dia nesta semana, vamos destacar um professor da nossa comunidade. Hoje, nossa homenagem vai para Silvia Ospina, uma artista e designer gráfica profissional, com uma paixão pela criatividade e alegria. Seus cursos da Staff Pick (Cenas botânicas no Photoshop e Padrões de repetição no Photoshop) rapidamente se tornaram favoritos para milhares de estudantes procurando melhorar suas habilidades e aprender com o estilo exclusivo e amigável da Silvia.

Learn with Silvia Ospina

Botanical Scenes in Photoshop: Incorporating Watercolor Into Digital Design

Conheça Silvia Ospina

Olá, pessoal! O meu nome é Silvia, e sou uma designer e artista profissional. Eu nasci na Colômbia em uma família de artistas e aprendi a desenhar e pintar desde criança, pois a minha mãe é uma professora de arte. Quando eu era criança, eu chegava da escola e tinha aulas de arte todas as noites.

Quando eu era adolescente, a minha família se mudou para Barcelona pois o meu pai queria que nós vivêssemos em uma nova cidade cheia de arte enquanto conhecíamos uma nova cultura. Desde então, passei minha vida entre Bogotá, Barcelona e Londres, onde eu morei por sete anos.

Eu estudei artes visuais e design gráfico, e depois fiz um mestrado em fotografia de moda, e a minha curiosidade de explorar novos lados da criatividade nunca cessou. A combinação de técnicas análogas, como desenho e pintura com ferramentas digitais sempre foi um dos meus pontos fortes.

Olá, Silvi! Como você começou a trabalhar nesse ramo?

Logo depois de me formar em design gráfico, eu percebi que eu queria trabalhar de forma independente. Desde criança, a arte esteve presente na minha vida, e eu sabia que o freelancing me permitiria conciliar pedidos comerciais com projetos de arte pessoais.

Depois de um ano de trabalho em um pequeno estúdio de design, eu decidi tentar ser freelancer. No início, eu não sabia por onde começar, por isso, eu me oferecia para criar conteúdo visual para os cafés locais gratuitamente. Alguns de seus clientes habituais se interessaram pela pessoa por trás de seus designs, e foi assim que eu consegui meus primeiros clientes em Barcelona. Quando meus irmãos, que são músicos, lançaram seus primeiros álbuns solo, eu criei as capas dos álbuns, e isso fez com que outros artistas entrassem em contato comigo para dirigir a arte de seus projetos. Durante todo esse tempo, eu nunca parei de pintar e tentei infundir um toque artístico pessoal em cada design que eu criei.

Desde que comecei, eu já produzi pelo menos 12 capas para álbuns de música para vários artistas incríveis e comecei a trabalhar com clientes como a Universal Music. Eu já ajudei mais de 20 pequenas empresas a criarem seu conteúdo visual, e as minhas obras e pinturas já participaram de várias exposições.

Faz apenas oito anos que eu descobri o mundo têxtil enquanto trabalhava em um estúdio de design em Barcelona por um curto período. Eu mal pude acreditar que quando eu vi que eu podia imprimir uma pintura em aquarela em um pedaço de tecido. Isso me permitiu combinar as minhas habilidades artísticas e de design. Desde então, eu já trabalhei criando padrões de repetição para vários clientes e tive a alegria de ver alguns de meus padrões de aquarela em marcas como Zara, Mango e outras marcas independentes.

Onde você vai para se inspirar?

Ideias criativas muitas vezes me surpreendem quando estou longe do meu computador ou estúdio. É por isso que eu gosto de aproveitar a para sair para passear, ir à exposições ou me perder em um museu. Às vezes, reservar um tempo sozinha para visitar uma boa livraria ou até mesmo sentar na janela de uma cafeteria com um de meus cadernos de esboço geralmente me ajuda a me inspirar.

Grande parte do meu trabalho é inspirado pela natureza, por isso, eu sempre estou procurando por jardins botânicos; uma visita a um parque natural ou até mesmo um parque local é parada obrigatória quando eu estou procurando ativamente por novas referências botânicas.

E, por fim, viajar é a minha maneira mais significativa de me inspirar. Conhecer novas culturas, lugares e estar longe de casa sempre me enche de novas ideias.

Termine a frase: eu me sinto mais criativo quando __.

Eu me sinto mais criativa quando estou livre.

“O ensino me permitiu ser mais criativa e dedicar mais tempo a meus próprios projetos e pinturas”.

Do que você mais gosta no ensino?

O ensino me abriu para uma nova e incrível comunidade criativa, e eu conheci muitas pessoas maravilhosas em aulas online e oficinas presenciais. Ao fornecer um espaço para as pessoas aprenderem uma nova habilidade criativa, eu já recebi de volta muita gratidão e amor. O ensino me permitiu ser mais criativa e dedicar mais tempo a meus próprios projetos e pinturas.

Você pode nos contar sobre um professor influente sua vida e o que você usa até hoje desse aprendizado?

A mais influente professora na minha vida tem sido a minha mãe. Quando eu era criança, ela tinha uma academia de arte com estudantes de todas as idades participando das aulas. Ela elaborava seus exercícios de uma maneira muito criativa, certificando-se de que eles fossem empolgantes e desafiadores o suficiente, mas incluindo vários níveis de experiência ao mesmo tempo.

Agora ela tem um canal muito bem sucedido no YouTube, onde ensina tricô para pessoas em todo o mundo. Ela é uma professora nata, e o bem que ela faz ao mundo é inestimável. Se tiver curiosidade, confira seu canal!

Make Patterns with Silvia Ospina

Repeat Patterns in Photoshop: Incorporating Sketches into Digital Design