Aprender a animar pode ser intimidante, para dizer o mínimo. Muitas peças precisam se encaixar para criar uma boa animação: habilidades de ilustração, criação de movimentos realistas e aprender a usar softwares de animação. 

A boa notícia é que existem muitas dicas, truques e táticas para estimular suas habilidades de animação. Confira as bases mais importantes para dominar a animação, além de maneiras fáceis de começar a praticar suas habilidades hoje mesmo! 

12 dicas e truques para saber tudo sobre animação

Sem dúvida, o melhor lugar para começar quando estamos aprendendo a animar é dominar os 12 princípios clássicos, também conhecidos como “a Bíblia da animação”. Quando vemos uma animação ruim, há uma boa chance de que ela não seguiu esses princípios. 

Conheça a história desses princípios e aprenda a incorporá-los no seu trabalho.

1. Achate e estique para evitar movimentos rígidos

bola animada
Veja um examplo de como achatar e esticar em animação.

Achatar e esticar um objeto conforme ele se move pode criar a ilusão de flexibilidade e vida. Também pode informar ao espectador se um objeto é duro ou macio (objetos mais macios devem achatar e esticar mais). Se suas animações forem muito rígidas, tente adicionar recursos para achatar e esticar os movimentos e veja como isso melhora tudo.

2. Adicione expectativa ao seu movimento

bola animada
Veja um exemplo de antecipação na animação.

Um objeto raramente se move sozinho – geralmente há um movimento preparatório na direção oposta. Quando jogamos uma bola, levamos o braço para trás antes do arremesso. Adicionar antecipação dá uma ideia do que está por vir e impede que os movimentos aconteçam do nada. 

3. Certifique-se de que todos os movimentos tenham continuidade

retângulo animado
Veja um exemplo de acompanhamento na animação.

Antecipação tem a ver com começar um movimento. Quando um objeto pára, ele não pára totalmente ao mesmo tempo. Por isso, adicionar pequenos movimentos quando a ação termina cria uma aparência mais realista.

4. Adicione arcos para criar movimentos naturais

círculo saltitante
Veja um exemplo de arcos na animação.

Praticamente nada se move em linha reta. Acene ou mova o braço, e você vai ver que há um arco de movimento. Se suas animações estiverem desajeitadas, tente suavizar o movimento com alguns arcos.

5. Comece e termine seus movimentos com fluidez

círculo animado
Veja um exemplo de animação com transições suaves.

Quando um objeto se move, ele não começa imediatamente na velocidade mais rápida, ou fica na mesma velocidade o tempo inteiro, mas muitas animações ruins fazem isso. Com o princípio da animação com transições suaves, você garante que todos os seus movimentos tenham uma aceleração e desaceleração naturais. Você pode incorporar isso nas suas próprias animações adicionanso mais quadros no início de um movimento, menos no meio e mais no final. 

6. Use os quadros para criar uma temporização intencional

círculo animado
Veja um exemplo de temporização na animação.

Se você quer aprender a animar com fluidez, observe o princípio da temporização na animação. A temporização está relacionada à quantidade de quadros na ação e a proximidade entre esses quadros. Ao editar o número de quadros, você pode ajustar a velocidade, o peso e a suavidade de uma animação. Você pode querer incluir um pouco de temporização em uma animação para deixá-la mais interessante e realista.

7. Use a ação secundária

quadrados animados
Veja um exemplo de ação secundária na animação.

Ações secundárias são movimentos que não são essenciais para a cena, mas apoiam o movimento principal e adicionam dimensão à cena. Se suas animações estiverem sem graça, tente adicionar uma ação secundária. 

8. Não tenha medo de exagerar os movimentos

quadrado comendo outro quadrado
Veja um exemplo de exagero na animação.

Grande parte da animação envolve criar movimentos realistas, mas uma animação fica melhor quando incluímos exageros. Ações muito sutis podem ser facilmente ignoradas pelo público. Quando quiser destacar ou adicionar efeito dramático a uma cena, tente tirar a animação dos limites dos movimentos realistas.

9. Destaque visualmente os elementos mais importantes

animação de ponto de luz
Veja um exemplo de encenação na animação.

Encenar é orientar a atenção do público para os elementos mais importantes em uma cena. Se não tiver certeza onde concentrar na sua animação, adicione pequenos movimentos ou outros destaques visuais para guiar o olhar do espectador. 

10. Escolha a estratégia de animação certa para sua cena

animação de círculo
Veja um exemplo de avanço e pose na animação.

Existem técnicas diferentes para animar quadro a quadro: avanço – começar no início e animar cena por cena; e pose por pose – animar o início e o fim do movimento e, depois, preencher as lacunas. 

Você deve praticar a escolher a melhor estratégia para sua animação. Segundo o professor e animador da Skillshare, Johannes Fast, avançar é “ótimo para movimentos orgânicos, como fumaça e fogo porque torna sua animação mais dinâmica e aleatória”, enquanto pose por pose é “ótimo para animação de personagens que requer ajuste de poses específicas durante a cena”.

11. Certifique-se de que seus desenhos parecem realistas no espaço

cubo animado
Veja um exemplo de desenho sólido na animação.

O desenho sólido é um dos aspectos mais importantes de animações 2D. Mesmo quando estamos representando apenas objetos em duas dimensões, eles precisam parecer estar em um espaço tridimensional. Pratique suas habilidades de desenho 3D e observe se o volume, peso e equilíbrio de todos os itens parecem verdadeiros.

12. Certifique-se de que suas animações tenham apelo

cubo animado
Veja um exemplo de apelo na animação.

Quando estamos começando a animar, podemos nos perder em aspectos técnicos. Por isso, lembre-se de criar algo interessante para o público adicionando beleza, variedade ou um pouco humor ao seu trabalho.

Pratique os princípios de ação

Princípios da animação: a arte do apelo e movimento para iniciantes

9 maneiras de melhorar sua animação

Se não estiver se sentindo confiante, ou se perguntando como melhorar sua animação, não se preocupe! Existem muitas maneiras simples e divertidas para melhorar suas habilidades. 

  1. Estude o movimento real: se estiver com dificuldade para descobrir como fazer sua animação parecer correta, estude como isso aconteceria no mundo real. Você pode fazer isso procurando vídeos no YouTube, gravando uma ação ou simplesmente prestando atenção como diferentes pessoas, animais ou objetos se movimentam.
  2. Pratique exercícios clássicos: exercícios simples, como animar um objeto de salto ou um ciclo de caminhada, são ótimos para aprender o básico sem se prender em muitos detalhes.
  3. Estude outras animações: observe outras animações de perto e observe como elas funcionam. (Dica: você pode atrasar a velocidade de reprodução no YouTube, ou até pausar o vídeo e pressionar a tecla de ponto final para avançar quadro a quadro.)
  4. Copie outras animações: vá ainda mais fundo tentando recriar o trabalho de outros animadores. Embora não queira passar isso como seu próprio trabalho, pode ser uma maneira poderosa de melhorar suas habilidades.
  5. Encontre um software que não atrapalhe você: o After Effects pode ser difícil de aprender. Portanto, tente encontrar um bom software de animação para iniciantes para praticar os fundamentos enquanto desenvolve suas habilidades no Adobe After Effs.
  6. Comece com um GIF: os GIFs de animação geralmente têm poucos quadros. Portanto, criar seu próprio GIF pode ser uma ótima maneira de experimentar o mundo da animação. 
  7. Aprenda a desenhar para animação: se você espera animar suas próprias ilustrações, facilite sua vida aprendendo a criar ilustrações ideais para animação.
  8. Siga outros animadores: seguir animadores no Instagram ou em outras plataformas online ajuda você a ter um fluxo de inspiração e novas ideias para impulsionar seu trabalho. 
  9. Permita-se falhar: animação não é fácil e as primeiras podem não ficar boas. Lembre-se de que todos os mestres começaram do começo. Aprenda com seus erros e continue praticando!

Aprenda a usar o Adobe After Effects

O guia de After Effects para iniciantes

Written By

Erin Greenawald

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest