Diretores de criação trabalham em diferentes setores. Eles atuam como diretores de departamentos de criação em estúdios de cinema, revistas, agências de marketing e publicidade, organizações sem fins lucrativos e empresas privadas. Até a Casa Branca conta com um diretor de criação.

Se você é um apaixonado por artes e design, pode estar perguntando, “Mas, afinal, o que é um diretor de criação?” E como alguém pode galgar esse posto executivo da criação?

Interessou-se em como se tornar um diretor de criação? Vamos ajudar você com isso, apresentando os elementos básicos que a descrição de cargo de um diretor de criação deve ter, além das habilidades necessárias para se tornar um diretor de arte ou de criação.

O que faz um diretor de criação? 

Paul Trillo, instrutor e produtor de cinema da Skillshare, explica os fundamentos da criação de efeitos visuais em Chromakey (ou tela verde).
Paul Trillo, instrutor e produtor de cinema da Skillshare, explica os fundamentos da criação de efeitos visuais em Chromakey (ou tela verde).

O trabalho de um diretor de criação consiste, basicamente, em desenvolver e supervisionar projetos desde o conceito até sua execução. Os diretores de criação são responsáveis por definir a direção da identidade de uma marca, por exemplo, ou a visão para um filme. Também se encarregam da visão geral e da narrativa a ser usada em campanhas de marketing, de publicidade ou de criação. Normalmente, eles não se dedicam pessoalmente ao trabalho de criação, mas sim orientam outras pessoas a produzirem o resultado.

Diariamente, os diretores de criação se reunem com clientes para discutir sobre suas necessidades, lideram sessões de brainstorming com a equipe, equilibram um orçamento, orientam as decisões de criação e entregam os projetos. Grandes diretores de criação sabem como gerenciar e motivar a equipe, garantindo que eles tenham os recursos necessários para darem seu melhor no trabalho criativo.

O que é preciso para se tornar um diretor de criação? 

Para saber como se tornar um diretor de criação de cinema ou de qualquer outra área, você precisa adquirir habilidades profissionais e de criação. Apesar dos requisitos específicos variarem de acordo com o setor, todo diretor de criação precisa do seguinte:

Um olhar perspicaz para a arte

Diretores de criação têm que entender o ofício da criação como os encontrados em tendências de design, história da arte, técnicas cinematográficas, ilustração ou estilos de redação. Compreender o modo de pensar o design e como antever as ideias também são habilidades importantes.

Stanley Hainsworth, instrutor da Skillshare, ex-diretor de criação da LEGO e da Starbucks e fundador da Tether, explica como um diretor de criação deve comunicar-se com os clientes.
Stanley Hainsworth, instrutor da Skillshare, ex-diretor de criação da LEGO e da Starbucks e fundador da Tether, explica como um diretor de criação deve comunicar-se com os clientes.

Habilidades de comunicação 

Diretores de criação são responsáveis pela comunicação com a equipe, executivos da empresa e clientes. É fundamental saber como dar e receber críticas, administrar vários membros da equipe e comunicar de modo eficaz uma visão criativa para que os demais envolvidos possam executá-la. Muitas vezes, esse profissional precisa fazer apresentações. Assim, saber falar em público é uma habilidade essencial. 

Experiência

Antes de se tornar um diretor de criação, talvez comece como escritor, designer, fotógrafo ou em outra função criativa inicial — dominar tal ofício é um ponto decisivo da carreira. Depois, você vai precisar de funções de gerenciamento que lhe permitam aprimorar suas habilidades de comunicação e liderança. 

Cinco passos para se tornar um diretor criativo

Passo 1: obtenha o ensino superior

Para aprender a ser um diretor de criação de moda ou de qualquer outra área, normalmente você precisa começar por obter um bacharelado em uma área criativa específica como artes, marketing, design gráfico, fotografia ou moda. 

Alguns diretores de criação também optam por fazer um mestrado com foco em belas-artes ou administração de empresas. Apesar de não ser necessário ter um mestrado, ele poderia servir como vantagem competitiva em relação aos demais candidatos (ou ser uma boa escolha se você tiver apenas um bacharelado em outra área).

Passo 2: consiga experiência profissional

Isto dito, lembre-se que nas áreas criativas a experiência é mais importante do que a educação formal. Assim, você precisa ganhar experiência prática na área. Tendo interesse em como se tornar um diretor de criação sem diploma, então este é um passo ainda mais importante. 

É preciso que trabalhe para ter essa experiência por um período de cinco a dez anos, antes de se tornar diretor de criação. Você pode começar como designer gráfico, fotógrafo ou artista para conquistar experiência na criação. Comece candidatando-se a um estágio, bolsa, posição de iniciante ou função júnior. 

Apesar deste ser o caminho mais comum, não se atormente para seguir uma determinada fórmula. “Com frequência, caminhos de carreira indiretos proporcionam um maior leque de experiências valiosas. Então, não se preocupe se a sua carreira não se compara com a de ninguém mais — tudo bem fazer do seu jeito”, disse Nancy Herrmann, diretora de criação da Stark Design and Boutique, uma agência de branding e publicidade. 

Passo 3: crie um portfólio

Outras profissões podem precisar de um currículo, mas, para um diretor de criação, ter um portfólio é mais importante. Todos os possíveis empregadores vão querer conferir seu portfólio como diretor de criação e isso vai enfatizar seus talentos e seu histórico profissional. Considere seu portfólio como uma ferramenta de marketing que apresenta tudo de que você é capaz (vamos explorar mais este tema em breve).

Passo 4: lapide suas habilidades e conquiste proficiência

Os melhores diretores de criação estão sempre perseguindo oportunidades para ampliar seus conhecimentos, desenvolver suas habilidades e encontrar inspiração em toda parte. “Muitos de nós podemos inspirar-se pelas mesmas coisas, mas o que vai fazer seu trabalho se destacar é a visão pessoal que tem sobre elas, as escolhas de vida que faz, seu momento pessoal em termos de criatividade e ponto de vista particular. Tudo isso é o que vai fazer história”, diz o diretor de criação Daniel Vosovic.

Daniel Vosovic, instrutor e diretor de criação da Skillshare fala sobre como definir sua base de clientes e criar um painel semântico de moda.
Daniel Vosovic, instrutor e diretor de criação da Skillshare fala sobre como definir sua base de clientes e criar um painel semântico de moda.

Passo 5: faça networking

Os criativos precisam fazer conexões significativas com outros criativos. O networking se apresenta como oportunidade para se inspirar e aprender novas técnicas com profissionais experientes, além de possibilitar que você ouça a respeito ou consiga novas oportunidades. Conectar-se em plataformas de mídia social como o Instagram e o LinkedIn é uma metodologia amistosa e de baixa pressão de fazer o networking. No entanto, eventos presenciais como conferências, oficinas e feiras de arte podem igualmente abrir caminhos para conexões valiosas.

Para cada área da criação existem, ainda, organizações profissionais que oferecem recursos, eventos e concursos com premiação. Diretores de criação não precisam ingressar em organizações profissionais, mas se afiliar a elas pode dar acesso a uma network de valor e a oportunidades de aprendizagem. 

Aprenda a colaborar com uma equipe de criação

Colaboração para criativos: melhore o seu projeto.

Informações detalhadas do trabalho do diretor de criação: salário, onde encontrar vagas e muito mais

Habilidades típicas necessárias no currículo de um diretor de criação

Até aqui, já vimos algumas das habilidades gerais necessárias para ser um diretor de criação de sucesso. Agora, como apresentar algumas dessas competências em seu currículo? 
Reunimos, a seguir, diferentes habilidades que os diretores de criação precisam, bem como alguns modelos de textos que você pode usar. Lembre-se, porém, que um bom currículo precisa ser personalizado. Assim, personalize estes textos conforme necessário! 

Criatividade e um olhar artístico

  • Criou a visão do(a) [creative project], que levou a(o) [result]. 
    • Exemplo: criou a visão de várias animações em vídeo sobre o colégio eleitoral para mídias sociais, o que levou a um aumento de 25% nas mídias sociais da marca durante as eleições.
  • Proficiente com as ferramentas e conceitos do(a) [industry/expertise], incluindo [example], [example] e [example].
    • Exemplo: experiente com ferramentas e conceitos de filmografia, inclusive o Storyboard, técnicas de Foley e design de som, além de edição em Adobe Premiere Pro e Final Cut Pro X. 

Habilidades de comunicação

  • Comunicação eficiente com todos os membros da equipe de criação, incluindo [role], [role], [role] e [role].
    • Exemplo: comunicação eficiente com todos os membros da equipe de criação, incluindo pesquisadores de marketing, designers, criadores de padrões e gerentes de produção.
  • Criou uma conexão com e entrevistou criteriosamente os clientes finais para entender os objetivos do projeto e entregar o produto final da criação que [result]. 
    • Exemplo: criou uma conexão e entrevistou criteriosamente os clientes finais para entender os objetivos do projeto e entregar o produto final da criação que satisfizesse a visão da marca do cliente. 

Habilidades de liderança 

  • Supervisionou e gerenciou uma equipe de criação de [number], composta por [role], [role], [role], and [role].
    • Exemplo: supervisionou e gerenciou uma equipe de criação de 24 membros, composta por animadores, designers de som, editores e gerentes de projeto.
  • Liderou a equipe de criação para enfrentar [problem or challenge], e, por fim, levou-a ao [result]. 
    • Exemplo: liderou a equipe de criação em uma pausa não planejada na produção e, por fim, levou-a a concluir o projeto a tempo e respeitando o orçamento, apesar dos obstáculos. 

Expectativas salariais do diretor de criação

Diretores de criação ganham bem? Eles podem! Diretores de criação são cargos gerenciais que costumam merecer salários elevados, embora o valor que recebam dependa do setor, do tamanho da empresa, do nível de experiência e da localização geográfica.

A PayScale informa que os diretores de criação ganham, em média 88.754 USD. A Glassdoor, no entanto, estima que os diretores de criação ganham, em média, uma renda mais elevada de 110.000,00 USD. De acordo com o U.S. Bureau of Labor Statistics, o salário médio de um diretor de criação em 2019 foi de 74.420 USD, ou seja, receberam uma remuneração de 35,78 USD por hora.

Cara Ord, instrutora da Skillshare e designer gráfica compartilha como criar seu portfólio de criação e deixar sua marca nele.
Cara Ord, instrutora da Skillshare e designer gráfica compartilha como criar seu portfólio de criação e deixar sua marca nele.

Como criar um portfólio

Se você está considerando aspectos sobre como se tornar um diretor de criação, precisará montar um portfólio de criação principal — um ponto central online disponível para que possíveis empregadores vejam quem você é e o que tem a oferecer. 

Certifique-se de incluir amostras de trabalhos publicados como fotografias, design, trabalhos em vídeo, bem como estudos de caso apresentando os resultados de seus empreendimentos na criação, tais como aumento no conhecimento de marcas e testemunhos de clientes. Inclua no seu portfólio, também, eventuais prêmios recebidos.

Tenha sempre em mente que o modo como apresenta seu trabalho é tão importante quanto o trabalho propriamente dito. O portfólio deve proporcionar uma experiência simples e direta, fácil de navegar e que inclua somente os trabalhos de maior destaque. Pense nele como sendo uma representação visual de quem você é como profissional da criação e dedique sua energia a retratar seu próprio estilo. 

Onde encontrar vagas

Existem muitos sites de empregos por aí, desenvolvidos especialmente para profissionais da criação, tais como Dribble, Working Not Working, We Work Remotely e AIGA Design Jobs. No entanto, considerando que diretores de criação e de arte são normalmente funções de nível executivo, muitos chegam a essa posição através de suas redes de contatos ou ao tomarem conhecimento sobre as oportunidades.  

Alguns dos grandes talentos, como Paige Hudson, diretora de criação da Second Story, são seguidos por empregadores em potencial. “A Second Story me encontrou e me recrutou”, disse ela. “Passamos dois meses em meio a conversas de natureza exploratória e, durante esse tempo, falamos sobre a empresa, minha concentração e coisas que poderíamos realizar juntos”.

Não existe um caminho perfeito para se tornar um diretor de criação de uma revista, agência ou corporação, mas há muitas oportunidades disponíveis. A U.S. Bureau of Labor Statistics estima que mais vagas para diretores de criação vão ser adicionadas ao mercado daqui até 2029. De acordo com o Bureau, a taxa média de crescimento de empregos para diretores de criação é 10% mais rápida, comparada à taxa de crescimento de vagas para outras posições.

É possível se tornar diretor de criação sem um diploma?

Embora a maioria dos produtores e diretores tenham o bacharelado, é possível tornar-se diretor de criação sem um diploma. Muitos diretores também têm mestrado, mas isso não é, de fato, necessário.

Para se tornar diretor de criação sem um diploma, você vai precisar de uma vasta experiência profissional na área escolhida. E, acima de tudo, uma visão criativa que seja tão boa que não pode passar desapercebida. “O setor quer pessoas que estejam rompendo com os parâmetros”, disse Hudson. “A diversidade de talentos e de vozes vai criar histórias memoráveis e culturas inovadoras”.

Como um diretor de criação usa storytelling

O processo criativo aplicado à construção de marca: conectando clientes e empresas por meio de histórias

Written By

Kaitlyn Arford

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest