Se você estiver considerando aprender como tocar violão, começar com o violão clássico é uma excelente escolha. As cordas de náilon são mais suaves para os dedos dos iniciantes, mas você também vai adquirir conhecimento fundamental e aprender técnicas que vão lhe permitir tocar com facilidade qualquer outro tipo de violão se quiser. 

Neste artigo, vamos ver brevemente o que é um violão clássico, conhecer sua história e também algumas dicas para lembrar ao tocar. 

O que é um violão clássico?

homem tocando violão
Fonte: Instagram
Imagem via @_krystal_v_.

O violão clássico é um precursor do violão acústico moderno. A principal diferença é que ele tem cordas de náilon, e não cordas de metal como as usadas em violões modernos. Isso produz um som mais suave do que o som emitido por cordas de aço.

Embora os violões clássicos tenham evoluído para violões acústicos e guitarras elétricas que ouvimos na música popular, eles ainda são muito conhecidos e apreciados pelo seu som peculiar e estilo de tocar.  

Origem do violão clássico

Os instrumentos de violão já existem há milhares de anos, mas foi somente no século XV que os músicos espanhóis começaram a usar instrumentos que se assemelhavam mais ao que hoje conhecemos como violão. O formato do instrumento e o número de cordas variou ao longo dos anos, até finalmente, em 1817, o fabricante de violões espanhol Antonio dos Torres criar um design que deu origem ao violão moderno. Por esse motivo, ele é muitas vezes chamado de violão espanhol. 

As primeiras versões do violão clássico usavam cordas feitas de tripas de animais, e as cordas de náilon só começaram a ser produzidas em 1948 

Tipos de música tocadas com violão clássico

A maioria das músicas que ouvimos hoje é tocada com violões de cordas de aço. No entanto, o violão de cordas de náilon pode ser usado para tocar músicas clássicas, espanholas, bossa nova, flamenco e, até mesmo, alguns tipos de jazz. 

Violão clássico x violão flamenco 

Os termos violão clássico e violão flamenco são, às vezes, usados para o mesmo instrumento, muito embora ambos sejam violões de cordas de náilon, eles são dois instrumentos diferentes. 

O violão flamenco é mais leve do que o clássico e suas cordas são posicionadas mais perto do braço, facilitando tocar músicas com ritmo mais rápido e incorporar técnicas inovadoras, como dedilhar no braço. Muitas vezes, isso também produz um som característico do estilo flamenco. O violão flamenco também tem uma placa de proteção em torno da boca do som, ajudando a reduzir danos no acabamento do instrumento quando os músicos usam técnicas percussivas. 

Por outro lado, o som do violão clássico é muito limpo, ele não tem zunidos ou percussão. 

Você certamente pode tocar flamenco em um violão clássico, mas se estiver querendo tocar música flamenca com seriedade, é aconselhável ter um instrumento específico. 

violão
Fonte: Instagram
Violão flamenco via @javiercastanoluthier

Como tocar um violão clássico

Em vários aspectos, tocar um violão de cordas de náilon é parecido com tocar um violão de cordas de aço. As cordas, afinação, acordes, escalas e teoria são iguais. 

No entanto, os estilos clássicos de tocar um violão acústico moderno ou uma guitarra elétrica são bem diferentes. Com um violão acústico moderno, por exemplo, você pode aprender quatro acordes, um padrão de dedilhado simples e conseguir tocar uma música inteira em menos de uma hora. No violão clássico, por outro lado, não temos dedilhamento, você precisa dedicar um tempo para aprender escalas e técnicas de fingerstyle.

Abaixo temos algumas considerações fundamentais para tocar: 

1. Posição para tocar

Os instrumentistas de violão clássico apoiam o instrumento no joelho esquerdo e seu pé esquerdo fica posicionado em um banco alto. Isso permite apontar o braço do violão para cima em um ângulo de 45 graus, resultando em uma posição mais confortável para tocar com a mão esquerda. Você também pode apoiar o pé esquerdo no chão enquanto coloca um suporte especial entre sua coxa e o violão para manter a sua elevação. 

Outra coisa para lembrar é a posição do seu polegar esquerdo. Os músicos que tocam violão moderno costumam apoiar o polegar sobre o braço do violão, algumas vezes, usando-o para marcar cordas baixo E. No entanto, fazer isso em um violão clássico vai resultar em uma posição ruim para a mão e limitar a movimentação do restante dos dedos. Em vez disso, mantenha o polegar escondido perto da metade do braço do violão. 

homem com violão
O instrutor da Skillshare David Hartley explica como segurar o instrumento. 

2. Usando as unhas

Embora você possa usar uma palheta para tocar as cordas do violão com a mão direita, tradicionalmente usa-se apenas os dedos. Quando as cordas eram feitas de tripas de animais, os instrumentistas de violões clássicos usavam o próprio dedo para tocar as cordas. Com o avanço para cordas de náilon, e também a necessidade de produzir um volume maior e encher grandes auditórios, usar as unhas passou a ser uma prática comum. 

Se você usa os dedos ou as unhas depende inteiramente de você. Se você optar pelas unhas, faça uma pequena pesquisa sobre como deixar crescer e manter as unhas fortes e saudáveis. 

3. A importância da teoria de aprendizagem

Com o violão acústico moderno e elétrico, você provavelmente pode conseguir tocar sem aprender nenhuma teoria musical. Você pode simplesmente tocar acordes ou procurar marcações para saber exatamente as cordas que deve tocar e onde colocar os dedos no braço. 

Infelizmente, isso não é possível no violão clássico. Como o violão clássico envolve o fingerstyle, é fundamental que você saiba qual a combinação de casa e corda correspondente a cada nota. Você também precisará praticar escalas, que são essenciais para desenvolver uma técnica adequada e aprender a tocar músicas em ritmo mais acelerado. 

Além de aprender teoria, é altamente recomendável que você aprenda a ler partituras musicais. Se você quiser tocar uma música clássica, ela quase sempre será escrita em notações musicais, e não em tablatura. Habituar-se a aprender mesmo as músicas mais simples em partituras musicais lhe trará grandes vantagens no longo prazo. 

Comece a aprender violão clássico hoje mesmo

Uma das melhores maneiras de aprender a tocar o violão clássico é assistir às aulas online e tutoriais. Eles vão ensinar técnicas básicas adequadas e garantir que você não adquira maus hábitos que atrapalhem na execução de peças mais complexas. Depois que domina o básico, você pode procurar partituras musicais em cadernos ou online e aprender várias músicas sem precisar de ajuda. 

Aprenda a tocar violão clássico

Uma introdução ao violão clássico