Embora algumas pessoas possam ter o sonho de ser a próxima sensação do YouTube ou Instagram, ser um criador de conteúdo vai muito além de ter milhares de seguidores. Empresas de todo o mundo contratam criadores de conteúdo para criar posts de blog, vídeos, fotos, ebooks e muito mais para promover suas marcas e engajar clientes novos e os já existentes.

Neste post, veremos o que um criador de conteúdo faz, as diferentes plataformas com que eles trabalham, qual é o seu salário médio e como você pode se tornar um também.

O que é um criador de conteúdo?

Os criadores são responsáveis por criar ideias de conteúdo e desenvolvê-las, desde o conceito até o resultado. Normalmente, existem vários passos no processo de criação de conteúdo, seja você um criador digital ou criador de conteúdo para materiais impressos. 

O conteúdo pode ser tanto educacional como divertido, voltado para o interesse do público-alvo da empresa. Por exemplo, um criador de conteúdo de rede social vai passar a maioria do seu tempo trabalhando na pesquisa de hashtags e de segmentação de público, criando conteúdo de fotos ou vídeo para ser postado, e revisando os relatórios de campanhas anteriores para analisar o sucesso. Você também já ouviu falar dos tipos de criadores chamados de “influenciadores”, que normalmente possuem um grande número de seguidores e trabalham com marcas em conteúdo patrocinado, promovendo as empresas para seus seguidores. Os criadores de conteúdo para rede social trabalham em várias plataformas e o conteúdo criado é voltado especificamente para cada um dos públicos. 

Celebridades geralmente trabalham como influenciadores, mas também existem diversas pessoas que ficaram famosas online e aumentaram significativamente o seu número de seguidores. Kayla Itsines, Zoe Sug, Huda Kattan, e Eleonora Pons são grandes exemplos de criadores digitais, influenciadores, que construíram um público de milhões de seguidores e agora são muito procurados por marcas, cobrando valores que alcançam os cinco dígitos para fazer um único post publicitário em seus canais.

Conhecida por seu conteúdo fitness, Kayla Itsines conta com mais de 12.7 milhões de seguidores em todo o mundo.
Conhecida por seu conteúdo de fitness, Kayla Itsines conta com mais de 12.7 milhões de seguidores em todo o mundo.

Mas não apenas os influenciadores são considerados criadores de conteúdo. Algumas pessoas trabalham como gestores de redes sociais, onde criam o conteúdo em nome de uma marca e postam no canal da empresa, além de monitorar e responder a comentários. Cinegrafistas, fotógrafos e copywriters freelancers também são contratados por empresas como criadores de conteúdo, pois nem sempre são cargos que estas empresas possuem internamente. 

Pensando em como se tornar um criador de conteúdo no YouTube? Desenvolver sua habilidade com a câmera e as redes sociais, a medida que você cria seu canal e portfólio de trabalho, vai te ajudar a construir sua própria audiência e facilitar que as empresas encontrem você. YouTubers como Shay Carl, Kassem G, e Lisa Donovan, trabalharam todos fazendo vídeos para marcas em seus próprios canais e por meio de produtoras. 

Monte um blog que dê o que falar!

O básico da criação de conteúdo para blog: ideias de conteúdo para aumentar seu alcance.

O que um criador de conteúdo faz?

O que está na descrição de uma vaga de trabalho para criador de conteúdo? Bem, depende.

Existem inúmeras plataformas digitais que os criadores podem trabalhar, desde o YouTube e Instagram, a blogs, Medium, e muito mais. Dessa forma, o trabalho vai variar com as necessidades da empresa e o tipo de mídia que eles usam. 

Bloggers e escritores vão passar uma grande parte de seu dia pesquisando antes de escrever seu conteúdo. Isso pode incluir olhar para conteúdo similar online, reunir estatísticas ou produtos para referência dentro do post, ou entrevistar especialistas para citações. Dependendo de quão envolvido a marca quer que um criador seja com o conteúdo, o trabalho pode envolver apenas a escrita inicial do material. Nesses casos, outros profissionais podem editar e postar no blog da empresa ou na conta do Medium. Sim, também é possível encontrar essa forma de contrato. 

A criação de conteúdo escrito não é apenas para longos textos no estilo que se vê em blogs. Os criadores de conteúdo para redes sociais trabalham desenvolvendo textos em formato de legendas para posts. Além disso, é possível criar testos para anúncios digitais e vídeos que vão apoiar os materiais que estão sendo compartilhados.

Ferramentas como InVideo e Canva são perfeitas para criar conteúdo para redes sociais, se você não tiver grande experiência em design gráfico.
Ferramentas como InVideo e Canva são perfeitas para criar conteúdo para redes sociais, se você não tiver grande experiência em design gráfico.

O conteúdo de vídeo também é incrivelmente popular. Se a criação de conteúdo é a carreira que você está procurando, aprender como se tornar um criador de conteúdo no YouTube é uma excelente escolha para construir uma profissão lucrativa. Criadores de conteúdo em vídeo, passam grande parte de seu tempo planejando filmagens, pesquisando atores e locações para criarem storyboards e roteiros. De fato, a maior parte de seu trabalho acontece antes e depois das filmagens em si, pois a edição pode ser tão demorada como o processo de planejamento. 

Storyboarding e roteirização são elementos importantíssimos do trabalho e acontecem antes do início das filmagens de qualquer conteúdo de vídeo.
Storyboarding e roteirização são elementos importantíssimos do trabalho e acontecem antes do início das filmagens de qualquer conteúdo de vídeo.

Como é um dia normal para um criador de conteúdo digital? Dependendo da plataforma, o tipo de conteúdo criado será diferente. Para a maioria, um dia de trabalho normal vai envolver:

  • Análise de marca e competidores: compreender mais sobre a marca, quem é seu público-alvo e o que seus concorrentes estão fazendo é onde todo conteúdo de sucesso começa. Isso ajuda a ajustar as ideias, além de dar mais credibilidade para conseguir aprovação de representantes de marcas antes da criação do conteúdo.
  • Brainstorming de ideias: é onde você pode ser criativo! Desenvolver várias ideias dará a você um bom ponto de partida ao trabalhar com uma marca, e assim escolher o que será mais relevante para o engajamento de seu público com ela.
  • Criação de conteúdo: o processo de desenvolvimento do material provavelmente envolverá várias etapas à medida que você trabalha com a marca para produzir conteúdo que dê vida a ideia da campanha Isso pode levar desde algumas horas a semanas ou meses, dependendo de quão extenso será o resultado.
  • Edição e aprovações: editar fotos e vídeos para se enquadrar na estética visual da marca pode levar algum tempo, mas é quando o produto final começa a tomar forma. Os cortes que ficam para trás podem até te surpreender, mas você vai se orgulhar do seu trabalho quando entregar o resultado à marca para aprovação final antes de ir ao ar.
  • Promoção: a marca pode até fazer isso por conta própria, mas é com os influenciadores que o dinheiro realmente aparece. O conteúdo será compartilhado em vários canais digitais e o rastreamento será adicionado para manter o controle sobre a boa performance dos posts.

Seus influenciadores favoritos podem fazer isso parecer fácil, mas existe muito trabalho por trás de cada um de seus Reels no Instagram e vídeos do YouTube. Se isso não soa muito assustador e você ainda está pensando em como se tornar um criador de conteúdo, temos algumas ideias que vão te ajudar a começar.

5 passos para se tornar um criador de conteúdo

Tornar-se um criador de conteúdo do Instagram parece glamoroso, mas há muito trabalho nos bastidores.
Tornar-se um criador de conteúdo do Instagram parece glamoroso, mas há muito trabalho nos bastidores.

Passo 1: Entenda o público de alvo

Criar conteúdo que não tenha relação com o público ou marca que você esteja trabalhando é um desperdício de tempo e dinheiro. Antes de começar em qualquer novo projeto, certifique-se de que você conheça alguns detalhes básicos sobre seu público:

  • Quantos anos eles têm?
  • De que gênero são?
  • Onde eles vivem, trabalham e socializam? O que eles fazem em seu tempo livre?
  • Como são suas famílias (eles são solteiros, casados, têm filhos)?
  • Quais outras marcas eles gostam e compram?
  • Em quais outras plataformas digitais eles estão ou passam tempo online?
  • O que eles mais gostam?

Passo 2: Encontre sua voz e estilo

Nathaniel Drew, professor da Skillshare Original, nos lembra que, refletir sobre nossos próprios interesses é uma ótima maneira de descobrir nossa voz e se destacar como criador de conteúdo.
Nathaniel Drew, professor da Skillshare Original, nos lembra que refletir sobre nossos próprios interesses é uma ótima maneira de descobrir nossa voz e se destacar como criador de conteúdo.

Existem centenas de outros criadores de conteúdo no mercado, mas há apenas um como você! Existem muitas maneiras para se destacar na multidão, então dedicar um tempo para descobrir o que o torna único em seu trabalho ou área de interesse pode ajudar você a construir uma audiência engajada no canal de sua escolha. Isso também ajuda as marcas a decidirem se você é o criador certo para elas trabalharem. Elas precisam ter certeza de que sua identidade, valores, missão e público se alinham com o produto ou serviço que eles estão querendo promover.

Passo 3: Seja sociável e apareça

No mundo da criação de conteúdo, quem você conhece é tudo. Ser ativo nas redes sociais, fazer o networking com outros criadores e representantes de marca, e se mostrar para o seu próprio público são as melhores maneiras de crescer consistentemente em seu próprio seguimento. Você não precisa passar cada minuto online, mas tente postar nos seus canais preferidos pelo menos algumas vezes por semana. Sua audiência vai começar a se familiarizar com o seu calendário de postagem e esperar o conteúdo nos dias certos, o que vai ajudar a aumentar o engajamento de seus seguidores. Você também obterá insights valiosos ao se conectar com outras pessoas, sejam novas ideias para conteúdo ou maneiras que você pode ajudar as pessoas de seu universo.

Passo 4: Aprenda com os profissionais

Existem criadores incríveis por aí, e há uma razão para eles serem os melhores em seus nichos. Estudar com estes mestres vai te dar a oportunidade de entender o que funciona bem nas plataformas em que você quer se concentrar e aprender como construir um público engajado com sucesso. Também é uma boa ideia observar como eles lidam com uma crise, principalmente se você está planejando trabalhar em nichos que abordam tópicos difíceis ou polêmicos. Tome nota sobre como seus seguidores respondem em comentários e o que o criador de conteúdo faz para abordar quaisquer problemas.

Passo 5: Pratique todos os dias

Há uma razão para a prática levar a perfeição! Você pode não se sentir inspirado a criar algo novo todos os dias, mas desenvolver continuamente suas habilidades de escrita, fotografia, design gráfico ou vídeo, vai te colocar em uma ótima posição quando for a hora de se candidatar para uma vaga de criador de conteúdo ou construir sua própria marca. 

Faça cursos online para atualizar as habilidades que você não usa há algum tempo ou para aprender algo novo que pode contribuir para o seu currículo. Essa pode ser uma ótima maneira de se destacar enquanto você está conquistando seu espaço no mundo online, principalmente se você pode fazer algo que pouquíssimas pessoas conseguem ou mesmo ninguém. 

Salário médio de um criador de conteúdo

Criadores digitais podem trabalhar para si próprio como freelancers ou serem contratados como parte de uma grande agência. Você não precisa, necessariamente, de uma qualificação formal, mas ter uma especialização em marketing, negócios ou ter habilidades especializadas, como fotografia ou produção de vídeo, pode ajudar ao procurar empregos enquanto você começa sua carreira. 

Mesmo assim, muitos YouTubers e influenciadores de redes sociais começaram sem experiência, construindo lentamente suas audiências e criando um forte portfólio de trabalho, antes de alcançarem uma posição onde seus ganhos lhes permitiram deixar seus outros empregos para focar na criação de conteúdo em tempo integral.

Um salário típico de criador de conteúdo nos EUA, Canadá e o Reino Unido é entre US$35.000 e US$40.000 anuais para cargos em agências, enquanto na Europa, os valores pagos variam em torno de US$30.000 anuais. 

Freelancers e criadores experientes muitas vezes ganham valores somados de até seis dígitos para cada projeto. Pensando em como se tornar um criador de conteúdo no YouTube? Não é incomum que estes criadores ganhem milhões em receitas com vídeos e patrocínios de marca nesta plataforma, mas pode levar anos para conseguir esse tipo de retorno. Para o criador de conteúdo autônomo, o céu é realmente o limite quando se trata de seu potencial de ganho, mas tudo depende do tipo de trabalho que você faz e do tamanho do seu público. 

Se você ainda está tentando decidir em quais habilidades se concentrar e desenvolver, dê uma olhada nas descrições das diversas ofertas de emprego disponíveis para criadores de conteúdo. Isso vai lhe dar uma ideia do que as empresas estão procurando ao contratar profissionais para esses cargos e pode te ajudar a identificar quaisquer lacunas em seu currículo ou portfólio que você precisa preencher para tornar um candidato melhor.

Independente da plataforma que você escolher, existem muitas oportunidades para construir uma carreira sustentável e criativa como criador de conteúdo!

Será que você é a próxima estrela do YouTuber?

YouTube Mastermind completo — como aumentar um canal e a audiência.

Written By

Holly Landis

  • Click here to share on Twitter
  • Click here to share on Facebook
  • Click here to share on LinkedIn
  • Click here to share on Pinterest